Iuiú

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Iuiú
Bandeira de Iuiú
Brasão de Iuiú
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 24 de fevereiro
Fundação 24 de fevereiro de 1989 (24 anos)
Gentílico iuiuense
Lema Um Governo de Todos
Prefeito(a) Carlos Wagner Lopes Frota (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Iuiú
Localização de Iuiú na Bahia
Iuiú está localizado em: Brasil
Iuiú
Localização de Iuiú no Brasil
14° 24' 50" S 43° 33' 14" O14° 24' 50" S 43° 33' 14" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Sudoeste baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Guanambi IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Malhada (BA), Palmas de Monte Alto (BA), Sebastião Laranjeiras (BA) e Matias Cardoso (MG).
Distância até a capital 715 km km
Características geográficas
Área 1 095,715 km² [2]
População 12 000 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 10,95 hab./km²
Altitude 490 m
Clima Semi-Árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,591 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 48 301,763 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 040,64 IBGE/2008[5]
Página oficial

Iuiú é um município brasileiro do estado da Bahia, cujo tem uma população de 12.000 habitantes, situado no Vale do Iuiú, o topônimo de Iuiú começou a ser usado a partir de 1938, e foi adotado em decorrência da grande incidência na região de um pequeno peixe conhecido como "Iuiu". A região já foi uma das maiores produtoras de algodão do país, devida as suas terras férteis e planas. Atualmente, a cultura de algodão na região está em fase de reestruturação, nos últimos anos a produção agrícola têm aumentado gradativamente.

História[editar | editar código-fonte]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população em 2012 era de 12.000 habitantes.

Fica localizada no Vale de mesmo nome e já foi grande produtora de algodão. Devido a crise que assolou a região em 1989, a cidade se desenvolveu muito pouco nos últimos anos, mas ainda assim tem vários estabelecimentos educacionais, entre escolas públicas, privadas e creches. Sem contar, naturalmente, um comércio com mais de 50 estabelecimentos.

Economia[editar | editar código-fonte]

Na pecuária, o município destaca-se na produção de gado de corte e vacas leiteiras. Na agricultura, produtor de Algodão, Milho, Sorgo e Feijão. Atualmente, além de ser o maior produtor de algodão do sudoeste baiano, é produtor de mamona, onde reside uma indústria de produção do óleo, polpa e torta da mamona. Possui agências do Banco do Brasil e Bradesco, além de uma unidade Lotérica.

Lazer[editar | editar código-fonte]

A sede do município possui 30 pousadas confortáveis, diversos restaurantes, um riacho popularmente conhecido como Bernardinho, local que recebe a visita várias pessoas durante o ano, tendo em vista a existência de lindas cachoeiras e natureza preservada no local. A vida noturna no município é bem movimentada, tanto a sede quanto no distrito de Pindorama dispõe de boate, local bastante frequentado pelos iuiuenses e visitantes. Além das boates, o visitante pode aproveitar para tomar uma cervejinha gelada na Rua Porto Seguro (recentemente batizada de "Passarela da Amizade"), ou na Praça Abílio Pereira (Praça da Quadra Poliesportiva). Os principais eventos da cidade são a Feira Agropecuária que já é foi considerada o segundo maior evento agropecuário da região, ficando atrás apenas da Exposição de Guanambi, a Festa de São Pedro (29/06), que já levou à cidade atrações como Amado Batista, Chicabana, Catuaba com Amendoim, Milionário e José Rico, Edmilson Batista... Além do São Pedro, que vem acompanhado de Moto Passeio e muita diversão, a cidade conta com as Vaquejadas da sede e do distrito de Pindorama,

Tem como distrito principal, a comunidade de Pindorama, atualmente com cerca de 5.000 habitantes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 25 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.