János Farkas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

János Farkas (Budapeste, 27 de março de 1942 - Budapeste, 29 de setembro de 1989) foi um futebolista húngaro

Farkas passou toda a carreira no Vasas, o clube da indústria metalúrgica. Debutou em 1959 e já em 1961 faturava seu primeiro campeonato húngaro, que ele venceria também em 1962, 1965 e 1966. Farkas ganhou quatro vezes também a desvalorizada Copa Mitropa, em 1960, 1962, 1965 e 1970, aposentando-se em 1972.

Pela Hungria, foi chamado para a Copa do Mundo de 1962, mas não jogou.[1] [2] [3] [4] Só se firmaria dois anos depois, participando do terceiro lugar na Eurocopa 1964 e na conquista do ouro nas Olimpíadas do mesmo ano.

À caminho da Copa do Mundo de 1966, formava o trio de ataque húngaro com Ferenc Bene e Flórián Albert. Farkas marcou um gol no torneio, no jogo contra o Brasil. O jogo estava empatado em 1 x 1 quando, aos nove minutos do segundo tempo, em cruzamento alto da direita, ele emendou um belo voleio da linha da grande área.[5] Seu gol desorientou os brasileiros,[5] que sofreriam o terceiro gol dos europeus dez minutos depois. E ele poderia ter decretado a pior derrota brasileira em Copas: o jogo só não terminou 4 x 1 para a Hungria pois o bandeirinha peruano Arturo Yamazaki anulou um gol legal de Farkas, que colocou de pé esquerdo sem marcação no ângulo de Gilmar após receber de Albert.[5]

Farkas realizou seu último jogo pela Hungria nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 1970. O país não conseguiu classificar-se. Antes, em 1968, ele chegou a enfrentar novamente o Brasil, pela seleção da FIFA, em amistoso que celebrava os dez anos da conquista brasileira da Copa do Mundo de 1958. Farkas atuou ao lado dos compatriotas Albert e Lajos Szűcs no jogo, disputado no Maracanã.[6]

Após encerrar a carreira, Farkas tornou-se gastrônomo. Um ataque cardíaco o matou com ainda 47 anos, em 1989.

Referências

  1. "Fiasco na lama", Max Gehringer, Especial Placar: A Saga da Jules Rimet fascículo 7 - 1962 Chile, março de 2006, Editora Abril, pág. 35
  2. "Derrota com classe", Max Gehringer, Especial Placar: A Saga da Jules Rimet fascículo 7 - 1962 Chile, março de 2006, Editora Abril, pág. 35
  3. "Nem 1 golzinho", Max Gehringer, Especial Placar: A Saga da Jules Rimet fascículo 7 - 1962 Chile, março de 2006, Editora Abril, pág. 36
  4. "Jogou mais e perdeu", Max Gehringer, Especial Placar: A Saga da Jules Rimet fascículo 7 - 1962 Chile, março de 2006, Editora Abril, pág. 39
  5. a b c "Desastre absoluto", Max Gehringer, Especial Placar: A Saga da Jules Rimet fascículo 8 - 1966 Inglaterra, abril de 2006, Editora Abril, pág. 31
  6. "FIFA XI Matches", Marcelo Leme de Arruda, RSSSF