Jørgen Pedersen Gram

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jørgen Pedersen Gram (sem data)

Jørgen Pedersen Gram (Nustrup, 27 de Junho de 1850 – Copenhagen, 29 de Abril de 1916) foi um atuário e matemático dinamarquês que nasceu em Nustrup, no Ducado de Schleswig, Dinamarca e morreu aos 65 anos em Copenhagen, Dinamarca.

Entre seus trabalhos importante inclui o On series expansions determined by the methods of least squares e Investigations of the number of primes less than a given number. O processo que leva o seu nome, Processo de Gram-Schmidt, foi publicado pela primeira vez em 1883.[1]

Para os teóricos sua principal fama se deve à série Função zeta de Riemann (a função exata de Bernhard Riemann em Função de contagem de números primos). Ao invés de usar uma série de logarítimos integrais, a função de Gram usa logarítimos de força e a função zeta de integros positivos. Foi recentemente substituída pela fórmula de Srinivasa Ramanujan que usa diretamente os Números de Bernoulli ao invés da função zeta.

Gram foi o primeiro matemático a providenciar uma teoria sistemática de desenvolvimento de freqüência de curvas, mostrando que o erro de curva da simetria Gaussiana era apenas um caso especial de uma classe geral de freqüência de curvas.[2]

Ele morreu se acidentar com uma bicicleta[3]

Referências

  1. David Poole (2005). Linear Algebra. Thomson Brooks/Cole. pp. 387. ISBN 0534998453.
  2. Helen Mary Walker (1929). Studies in the History of Statistical Method: With Special Reference to Certain Educational Problems. The Williams & Wilkins Company. pp. 77, 81.
  3. O'Connor, John J.; Robertson, Edmund F., "Jørgen Pedersen Gram", MacTutor History of Mathematics archive, University of St Andrews, [1].