J. B. S. Haldane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
J. B. S. Haldane
Genética, biologia
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 5 de novembro de 1892
Local Oxford
Morte 1 de dezembro de 1964 (72 anos)
Local Bhubaneswar, Orissa, Índia
Atividade
Campo(s) Genética, biologia
Prêmio(s) Prêmio Antonio Feltrinelli (1961)

John Burdon Sanderson Haldane (Oxford, 5 de novembro de 1892Bhubaneswar, Orissa, Índia, 1 de dezembro de 1964), que normalmente usava "J.B.S." como prenome, foi um geneticista e biólogo britânico.

Haldane foi um dos fundadores, junto com Ronald Fisher e Sewall Wright, da Genética populacional. Ajudou a desenvolver as tabelas de mergulho usadas pela Marinha Inglesa e Americana durante a II Guerra Mundial, e que serviu de base para as tabelas usadas até hoje por todos os mergulhadores. Emigrou em 1957 para a Índia, obtendo a cidadana indiana. Haldane também deu a idéia aceita até hoje sobre a origem da vida, assim como Oparin . Além disso, no seu tratado intitulado "Enzimas" sugeriu que as interações fracas que se estabelecem entre a enzima e o seu substrato poderiam ser usadas para distorcer a molécula do substrato e catalisar a reação. Esse conhecimento representa o cerne da compreensão atual da catálise enzimática.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Haldane nasceu na cidade de Oxford, filho de do fisiologista John Scott Haldane e de Louisa Kathleen Haldane, descendente de uma família de aristocrata intelectual escocesa, sua irmã mais nova, Naomi se tornou escritora. Seu tio, Richard Haldane, I Visconde Haldane, político e Secretário de Estado de Guerra, e sua tia era a autora Elizabeth Haldane. Seu pai era um cientista, filósofo e liberal, e sua mãe uma conservadora. Haldane interessou-se no trabalho de seu pai logo durante a infância. O resultado de seu longo estudo do mundo natural e sua devoção a evidências empíricas o tornou ateu. Ele sentia que o ateísmo era a única dedução disponível em vista de todas as evidências, dizendo, "Minha prática como cientista é ateia. Isso quer dizer, quando realizo um experimento eu assumo que nenhum deus, anjo ou demônio irá interferir em seu curso... Eu seria intelectualmente desonesto se eu não fosse ateísta com os assuntos do mundo."[1]

Referências

  1. Haldane, J.B.S., Fact and Faith. London: London, Watts & Co., 1934.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: J. B. S. Haldane
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre evolução é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.