J. J. Bachofen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johann Jakob Bachofen

Johann Jakob Bachofen (18151887) foi um jurista e antropólogo suíço, professor de Direito romano na Universidade de Basileia, de 1841 a 1845.

Bachofen é mais frequentemente associado às suas teorias sobre o matriarcado na Pré-história, ou Mutterrecht, o título de seu livro publicado em 1861 Mother Right: an investigation of the religious and juridical character of matriarchy in the Ancient World [1] . Bachofen reuniu documentos demonstrando que a maternidade é a fonte de toda as sociedades humanas, religião, moral e decoro. Ele teorizou sobre um "direito-de-mãe" dentro do contexto de uma religião matriarcal ou Urreligião.

Bachofen se tornou um importante precursor das teorias do século XX sobre matriarcado, tal como a teoria da Antiga Cultura Européia postulada por Marija Gimbutas dos anos 1950 e o campo da teologia feminista e dos "Estudos sobre Matriarcado" nos anos 1970.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Myth, religion, and mother right: selected writings of J.J. Bachofen Johann Jakob Bachofen, Por Ralph Manheim
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.