Jackson Antunes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Jackson Antunes
Nascimento 28 de julho de 1960 (54 anos)
Janaúba, MG
Nacionalidade  brasileiro
Cônjuge Cristiana Britto
Atividade 1986 - atual
IMDb: (inglês)


Jackson Antunes (Janaúba, 28 de agosto de 1960) é um ator brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jackson Antunes começou a trabalhar com pouca idade no campo. Trabalhou também como engraxate, servente de pedreiro, padeiro, cobrador de ônibus e pintor letrista. Seu avô foi grande aboiador e, ironicamente, faleceu no mesmo dia em que Jackson nasceu. Ainda na infância, Jackson acompanhava de porta em porta as Folias de Reis típicas do Norte Mineiro. Quando seu irmão gêmeo nasceu, morreu de tétano e seu verdadeiro nome de batismo é Joaquim e, ao ouvir a música "Jack, o Matador" da dupla Léo Canhoto e Robertinho, mudou seu nome para Jackson. Com oito anos de idade, Jackson apaixonou-se pelo circo, local onde dirigia e atuava em dramas que eram de sua autoria. Na sua cidade natal, Jackson também escrevia poemas para o jornal O Gorutuba. Passou também pelo teatro amador e, mais tarde, pelo teatro profissional, já em Belo Horizonte.

Com mais de trinta peças encenadas, todas de autores brasileiros, Jackson Antunes também teve aulas de canto com o professor José Spinto, que também era primo de Gilda Abreu, esposa do cantor Vicente Celestino. Além de atuar, Jackson também é cantor, compositor, toca viola caipira, já gravou vários CDs e já fez vários shows no Brasil e no exterior. Jackson fez um teste para a TV em 1988, mas foi somente em 1991 que ele recebeu o convite do diretor Luiz Fernando Carvalho, para estrear na novela Renascer, na qual interpretou o jagunço Damião. Sucesso de público e de crítica, ganhou vários prêmios, dentre eles o Troféu Imprensa e o Prêmio APCA (da Associação Paulista dos Críticos de Arte). Em 2010, fez sua estreia como diretor com o filme A Tímida Luz de Velas das Últimas Esperanças. É casado com a atriz Cristiana Britto, com quem tem um filho e também tem duas filhas de seu primeiro casamento.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Novelas e Seriados
Ano Título Papel
1993 Renascer Damião
1994 Memorial de Maria Moura Valentim
1995 Irmãos Coragem Delegado Diogo Falcão
1996 O Rei do Gado Regino
1997 Você Decide, Enrascada Evaldo
1997 Anjo Mau Fred (Frederico Jordão)
1998 Pecado Capital Marciano
1998 Labirinto Teodoro
1999 Terra Nostra Antenor
2000 Aquarela do Brasil Major Walter
2001 A Padroeira Atanásio
2002 Esperança Zangão
2003 Linha Direta Chico Vieira
2003 Celebridade Fragoso
2004 A Escrava Isaura Miguel dos Anjos
2006 Sinhá Moça Delegado Antero
2008 Duas Caras ministro da Educação
2008 A Favorita Léo
2010 Força-Tarefa Lourenço
2010 A Cura Carlindo
2012 As Brasileiras Reginaldo
2013 Sangue Bom Pascoal Gambini [1]
2014 O Caçador Saulo [2]
2014 Império Manoel

Trabalhos no cinema[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Rede Globo (08 de abril de 2014). Sangue Bom: Jackson Antunes grava participação na novela das sete Rede Globo > sangue bom. Página visitada em 03 de junho de 2014.
  2. Nilton Carauta (21 de março de 2014). Após perder 46 Kg, Jackson Antunes volta ao ar em 'O caçador': 'Recuperei o fôlego' O Globo. Página visitada em 09 de abril de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]