Jackson Randy Rhoads

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jackson Randy Rhoads
Rhoads 3.JPG
Fabricante Jackson Guitars
Período 1981 - atualmente
Construção
Corpo Sólido
Madeiras
Corpo Frequentemente em Amieiro
Braço Frequentemente em Bordo (maple)
Escala Frequentemente em Ébano
Ferragem
Cavalete Fixa, Trêmolo Floyd Rose or tune-o-matic
Captadores 1 ou 2 humbuckers
Cores disponíveis
Várias, incluindo acabamento personalizado
Portal:Guitarra
Projeto Guitarra

A Jackson Randy Rhoads é a guitarra que foi, originalmente, encomendada por Randy Rhoads, então guitarrista de Ozzy Osbourne, e agora é produzida pela Jackson Guitars.

Inicialmente essa guitarra se chamaria "The Original SIN". Sua segunda Flying V, que era preta com um escudo de prata e com ponte "string-thru body", se chamaria Concorde. Randy reprojetou estas novas 'Concordes', ou modelos de produção, com um "chifre" maior, porque sentia muitas pessoas estavam relacionando sua branca com riscas em V com uma Flying V, e ele queria produzir uma guitarra que tivesse mais semelhança com uma barbatana de tubarão. Ambas as suas V tinham corpos de bordo com braço inteiriço de bordo. Além disso, a menor quantidade de madeira da parte de baixo da guitarra pôde ser moldada para dar mais agudos às cordas agudas. Esta guitarra apresentava tarrachas Grover com trava e um par de captadores humbuncking da Seymour Duncan. Um TB-4 (ponte) e um SH-2 (braço). A SIN tinha uma ponte (Trêmolo) estilo vintage. O vibrato é de altíssima qualidade e os captadores são projetados para captar os agudos de forma mais eficiente do que uma guitarra normal.

Ela apresenta um par de captadores humbucking (mas nem sempre é o caso, como visto no modelo de Kevin Bond e no novo modelo RR24), e muitas vezes uma ponte Floyd Rose. A escala tem trastes achatados, para que o guitarrisa toque rápido mais facilmente. A guitarra tem geralmente 22 trastes, mas em algumas séries, ela é produzida com 24 trates, para acesso a notas mais altas. A mão, ou paleta, é o padrão da Jackson e em algumas séries ela é invertida.

Este modelo foi, de verdade, o primeiro modelo da Jackson. Foi e ainda é, um modelo muito popular, que colocou o nome da Jackson em evidência. Quando Randy Rhoads encomendou sua guitarra junto a Charvel, o presidente da empresa, Grover Jackson, colocou o seu nome na mão do modelo personalizado, em vez de Charvel. Grover originalmente produziu duas, ainda protótipo, das Concordes que Randy recebeu (a primeira Concorde branca e uma Concorde preta e bronze). Randy havia pedido quatro no total, mas morreu antes de receber as outras duas (outra 'string-thru' (acidentalmente vendida na NAMM) e outra Concorde preta-e-bronze (foto à direita) com um tremolo e marcações invertidas (a primeira a ter marcação invertida)). Essas duas outras Concordes foram mantidas em um estado incompleto esperando que Randy as esperimentasse antes de serem terminadas. Tragicamente, Randy morreu em um acidente de avião antes que ele pudesse dar a Grover qualquer parecer sobre as guitarras.

Usuários[editar | editar código-fonte]

Vinnie Vincent do Kiss foi o primeiro guitarrista a receber uma guitarra Rhoads da Jackson depois da morte de Randy Rhoads (Rhoads tinha recebido dois dos seus próprios modelos, um preto e um em branco (com ferragens douradas), e nunca realmente se tornou famoso por isso na época), que Vinnie Vincent usou nas turnês Creatures of the Night e Lick It Up do Kiss de 1982 até 1984. Depois de Vinnie ter deixado o Kiss, modificou o desenho da Rhoads V, adicionando uma segunda sombra V em um ângulo de desvio por trás da face V. Jackson fez pelo menos três dessas Rhoads V's modificadas de Vinnie Vincent, de 1985 a 1988 para ele (e cerca de outras 25 foram personalizadas sob encomenda e vendidas) e mais tarde o projeto foi copiado pela Carvin, Ibanez e Washburn para Vinnie Vincent.

Em 2001, Alexi Laiho e Roope Latvala (atualmente guitarristas de Children of Bodom, mas que naquele momento Latvala estava no Sinergy juntamente com Laiho) tinha um contrato com a Jackson para produzir sua linha de modelo da RR, que tinha especificações de corpo em amieiro, braço parafusado, 24 trastes com uma escala em jacarandá, preta com chanfros amarelos, e uma ponte Floyd Rose Jackson JT580LP licenciada. Esta guitarra foi chamada de Jackson Randy Rhoads L/L (L/L está para Latvala/Laiho). No entanto, nenhum dos guitarristas teve acesso a uma guitarra para uso próprio, e ambos só a tocaram para fins promocionais.

Outros guitarrisas que usam o modelo:

Modelos[editar | editar código-fonte]

Jackson atualmente tem 12 diferentes modelos em produção. Abaixo uma lista das séries que Jackson_guitars classificou.

Americanas (USA Select Series)[editar | editar código-fonte]

Jackson rr shape.svg

O modelo básico nas "USA Select Series" é a RR1. A RR1 é feita de amieiro com braço inteiriço de bordo. O braço tem 22 trastes jumbo e é feito de ébano. A RR1 é equipada com dois humbucker Seymour Duncan e uma ponte Floyd Rose original com dois pontos de trava. A RR1 tem quatro variações:

  • RR1 : A guitarra Randy Rhoads padrão.
  • RR1T: Uma RR1 com ponte tipo "string-through-body" ajustável.
  • RR1 Canhota: Verão da RR1 para canhotos.
  • RR1T Canhota: Versão da RR1T para canhotos.

Pro Series[editar | editar código-fonte]

A série "Pro" é a modelo intermediária e top de linha das série feita na Jackson do Japão. Existem atualmente cinco modelos diferentes da Jackson Rhoads na série "Pro":

  • RR3: A RR3 tem um corpo feito de amieiro e um braço feito de bordo. O braço é parafuado no corpo e tem escala de jacarandá com 22 trastes. Este modelo tem 2 captadores humbuckers da Seymour Duncan e uma ponte Floyd Rose licenciada, de perfil baixo e trava dupla.

Em 2007, uma tiragem limitada de 200 unidades foi produziada na cor branca com riscas pretas, semelhantes ao acabamento encontrado na RR5. Estas vinham com captadores Seymour Duncan e ponte Floyd Rose do modelo RR3.

  • RR5: A RR5 tem um corpo feito de amieiro e um braço feito de bordo. A principal diferença entre este modelo e o RR3 é o braço inteiriço apresentado neste modelo. A RR5 também tem ferragens douradas e uma ponte fixa ajustável.
  • RR5FR: A RR5FR é o mesmo que o RR5, exceto por ter uma ponte Floyd Rose FRT-O2000, ferragens pretas, em oposição ao dourado e seu acabamento vem na cor preta, marfim ou rosa perolado.
  • RR24: A RR24 tem um corpo feito de amieiro e braço feito de bordo. Tem uma escala de ébano com incrustações dente de tubarão. Este modelo é essencialmente diferente de ambos RR3 e RR5 porque ele é uma guitarra de 24 trastes. Tem uma construção com braço inteiriço e vem com uma Floyd Rose original. O modelo tem apenas um captador (EMG 81) na posição da ponte e um único controle botão para de volume. Este modelo também é uma guitarra personalizada, que tem uma cor personalizada. Eric Dietzel do "Massacre" tem um preta com chanfros vermelhos e com mão vermelha. Esta guitarra é muito semelhante ao modelo personalizado RR-LL pedida por Alexi Laiho e Roope Latvala, dos quais apenas 60 foram feitos e todos vendidos na Finlândia (excluindo-se Laiho e Latvala, que tinham sua única RR personalizada). Ao contrário da RR24, elas tinham braço parafusado, incrustração em Madrepérola, ferragem dourada e uma ponte Floyd Rose Jackson JT580LP licenciada. Laiho e Latvala mais tarde, em 2003, mudaram para ESP Guitars.

Pro Series Artist Signature[editar | editar código-fonte]

  • Modelo Kevin Bond. Este modelo possui 22 trastes jumbo, é feito de mogno e tem braço inteiriço. O Humbucker é um Seymour Duncan modelo Iommi. A ponte é uma "string-through-body" ajustável com partes Schaller e micro-afinação. O logo da Jackson é na cor vermelho sangue.
  • Modelo Matt Tuck. Este modelo possui 22 trastes jumbo, corpo feito de amieiro, e braço inteiriço de bordo unido a mão pelo técnica "Scarf-Joint". O Humbucker é um EMG 81 na ponte, e um EMG 85 na posição do braço. A ponte é uma "string-through-body" JT390 ajustável, com tarrachas com trava da Sperzel em metal injetado. Este é o único modelo atual com a mão, ou paleta, invertida.

X Series[editar | editar código-fonte]

A série X RX10D tem o corpo em Amieiro com braço em Bordo parafusado. Uma escala em jacarandá com 22 trastes. Os captadores são dois humbuckers Seymour Duncan. A ponte é um tremolo Jackson com trava dupla.

JS Series[editar | editar código-fonte]

A JS30RR é do grupo de nível das guitarras feitas na Jackson Indiana. O corpo é feito de cedro indiano e tem o braço parafusado feito de bordo. Possui dois captadores Jackson e uma ponte "string-through-body" ajustável. A escala de jacarandá tem 24 trastes, o que é incomum nas RRS. A Jackson também tinha o JS35RR que era igual ao JS30RR mas a única diferença era que tinha uma ponte Floyd Rose, mas essa foi descontinuada em 2000. Existe agora um novo modelo semelhante ao JS30RR mas com incrustações dente de tubarão. É chamada JS32T Rhoads.

Veja Também[editar | editar código-fonte]

Jackson Guitars

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jackson Randy Rhoads