Jaiminho, o Carteiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jaiminho, o Carteiro
Nome original Jaimito, el cartero ou Don Jaimito
Morada Depois de um tempo passou a ser inquilino do 24, que antigamente era ocupado por Glória/Paty e Dona Edwiges.
Nascimento 25 de setembro de 1915
Idade 64 anos
Dobragem Waldir Fiori
Temporada(s) 1979-1980; 1982-1992.
Série Chaves
Primeira aparição Nasce uma Bisavó (1979) = Jaiminho Vai Morar na Vila (1982)
Última aparição O Aniversário do Jaiminho (1980) = Américas e Fenômenos (1992)
Interpretado por Raúl "Chato" Padilla
Projecto Televisão  · Portal Televisão

O carteiro Jaiminho (no original Jaimito, el cartero ou Don Jaimito) é um personagem do seriado mexicano Chaves. Foi criado em 1979, por Chespirito, para substituir Ramón Valdéz e Carlos Villagrán no programa, após as saídas destes.

Jaiminho é interpretado pelo ator Raúl "Chato" Padilla.

Personagem[editar | editar código-fonte]

Jaiminho é um carteiro idoso, que já trabalhou muito na vida (e hoje em dia trabalha com mais preguiça do que na juventude).

Sempre anda carregando sua bolsa de cartas e a bicicleta cinza, pois não aprendeu a pedalar e se contar isso aos correios, eles o demitem.

Traja sempre uma farda cinza, de carteiro, um quepe da mesma cor e um lenço verde no pescoço.

Também gosta de se gabar de como era conquistador na juventude, no seu desconhecido povoado natal de Tangamandápio, que ele diz não estar no mapa, mas ser do tamanho de Nova York.

Após ser apresentado ao público, em 1979, o personagem sai da série em 1981, pois Ramón Valdéz retorna na pele de Seu Madruga.

Em 1982, Valdéz sai pela segunda vez da série e o personagem Jaiminho retorna, agora para residir na vila, no apartamento 24, a casa do alto da escada; que já pertencera à Dona Edwiges e também à Paty e Glória.

Apesar de muito velho, é alvo das cantadas da Dona Neves e da Dona Clotilde.É também um grande amigo e companheiro do menino Chaves.Algumas vezes,ele se irrita e raramente bate no Chaves Sempre que vai fazer uma entrega, pede que a pessoa procure a carta dela na bolsa, se esta tenta não fazê-lo, ele implica dizendo que é porque quer evitar a fadiga...

Na temporada clássica do seriado, é possível encontrá-lo em poucos episódios, vindo o personagem aparecer com maior frequência nas temporadas dos anos 1982 a 1992. Já no desenho animado, o personagem aparece poucas vezes, não tendo tanto crédito como na série original, mas interagindo com personagens como Quico e Seu Madruga, assim como no gibi do Chaves (publicado pela Editora Globo).

Em um episódio inédito no Brasil, Jaiminho cansado de ver o Chaves sendo humilhado pelos outros, escreve uma carta falsa, dizendo ser seu pai, e o "motivo" de ter abandonado, que era agora era extremamente rico e logo voltaria para busca-lo, mudando drasticamente a atitude dos outros com o Chaves, provando, que existe sim interesses.

Seu nome completo é Jaime Garabito.

Relação com outros personagens[editar | editar código-fonte]

Chaves -

Chiquinha -

Dona Neves -

Dona Florinda -

Dona Clotilde -

Senhor Barriga -

Professor Girafales -

Bordões[editar | editar código-fonte]

  • Eu sou de Tangamandápio!
  • É que eu quero evitar a fadiga...
  • E eu sou tangamandapiano...
  • Eu vim trazer a correspondência da Dona Florinda

Dubladores[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o personagem Jaiminho foi dublado por: