James Fenimore Cooper

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Fenimore Cooper
James Fenimore Cooper
Pintura de Cooper por John Wesley Jarvis, 1822
Nacionalidade  Estados Unidos
Data de nascimento 15 de setembro de 1789
Data de falecimento 14 de setembro de 1851 (61 anos)
Género(s) romancista
Ocupação escritor
Magnum opus O último dos moicanos
James Fenimore Cooper

James Fenimore Cooper (15 de setembro de 178914 de setembro de 1851) foi um prolífico e popular escritor dos Estados Unidos do início do século XIX.

Ele é lembrado de maneira particular como um novelista que escreveu diversas histórias marítimas, romances históricos e romances de espionagem.

Entre suas obras mais famosas está o romance O último dos moicanos, que muitos consideram sua obra-prima.

A filha dele, Susan Fenimore Cooper (1813—1894), ficou conhecida como autora e filantropa.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • O Bravo. Lisboa: Typographia de Jose Carlos de Aguiar Vianna, 1852.
  • O medidor de terrenos. Lisboa: Typ. Lisbonense de Aguiar Vianna, 1855.
  • O corsário vermelho; trad. J. L. Rodrigues Trigueiro. Lisboa: Typ. Commercial, 1868.
  • O bravo de Veneza. Lisboa: Typ. Portugueza, 1869.
  • O último moicano; trad. Maria Antónia Monteiro. Lisboa: Portugália, 1943.
  • O espião. Lisboa: Amigos do Livro, 1973.
  • O caçador; trad. Ricardo Albert, il. Erik Nielsen. Lisboa: Verbo, 1981.
  • Os pioneiros ou as nascentes do Susquehanna: uma história descritiva; trad. Raquel Martins. Mem Martins: Europa América, 1983.



Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre James Fenimore Cooper
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.