James T. Bates

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James T.Bates

James T. Bates (29 de Setembro 1844 (Boston) † 24 de Dezembro de 1914), filho de um armador de Boston (USA), era um banqueiro americano que depois de ter feito fortuna nos EUA se instalou em Genebra em 1875 a cidade da sua esposa. Participou na Guerra de Secessão de onde saí com a patente de coronel.

De volta á vida civil torna-se agente da bolsa de Nova Iorque onde faz fortuna, e é na bolsa que entra em contacto com Arthur Chenevière, um banqueiro genebrino que o convida a vir visita-lo na Europa. O convite é aceite e apaixona-se pela filha do seu hospedeiro, Amélie.

Nos USA[editar | editar código-fonte]

O casamento efectua-se em 1873 e ambos partem para a América onde James funda a UBS - Union Bank of Switzerland, que nos anos 1990 seria integrado na UBS, e um jornal o Geneva Times que estará na origem do seu homónimo" genebrino, a Tribuna de Genebra (TG).

De volta a Genebra[editar | editar código-fonte]

Amélie não se dando bem nos USA, o casal volta para Genebra onde se instalam em 1877 e ele estabelece as bases na europa da UBS.

Em 1879 compra o jornal anglófono The Continental Herald and Swiss Times mas que se tornará a 1 de Fevereiro de 1876 no jornal francófono a Tribuna de Genebra. cuja assinatura anual era de 11 francos suíços e tinha uma tiragem de 3 000 exemplares diários [1] .

Imagens[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Guy Mettan, « La Tribune de Genève : un nouveau départ », dans Communication et langages, n°97, 3ème trimestre 1993, p. 4-13.

Referências

  1. Guy Mettan. op. cit., p. 4-13