James Young Simpson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sir James Young Simpson

Sir James Young Simpson (7 de junho de 18116 de maio de 1870) foi um médico escocês e uma figura importante na história da medicina. Ele descobriu as propriedades anestésicas do clorofórmio e com sucesso o introduziu para o uso médico geral.

Simpson foi o primeiro a usar anestésico para ajudar a aliviar a dor durante o parto. Tal prática foi duramente combatida, pois alguns equivocadamente, interpretavam que tal pratica era contra a natureza e a vontade de Deus, quando no livro de Genesis diz que o parto seria com dor. O assunto só foi superado quando a Rainha Vitória aceitou ser anestesiada com clorofórmio pelo médico John Snow, quando do parto do príncipe Leopoldo, Duque de Albany em 1853.

Dr. James Simpson, o grande médico que desenvolveu a anestesia, experimentou uma terrível perda quando seu filho mais velho morreu. Ele sofreu profundamente, como qualquer pai sofreria. Então, ele descobriu um caminho de esperança. No túmulo de seu amado filho, ele erigiu uma lápide e nela escreveu umas palavras que demonstravam Sua esperança e fé nas promessas de Jesus: "Apesar de tudo, Ele vive". Copyright © 2004 The Voice of Prophecy Radio Broadcast Los Angeles, California, U.S.A.

James Young Simpson, da universidade de Edinburgh, comparou amputações em pacientes hospitalizados com não hospitalizados, e encontrou maior taxa de letalidade nos pacientes que permaneciam no hospital. Para caracterizar este fato, usou o termo hospitalismo, sugerido que o cuidado hospitalar poderia conferir um risco de infecções hospitalares a seus pacientes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre James Young Simpson


Ícone de esboço Este artigo sobre médicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.