Jamiroquai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
thumbs
Jay Kay ao vivo
Informação geral
Origem Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Funk rock
Acid Jazz
Disco
Jazz fusion
Rock
Neo soul
Funktronica
Funk
Período em atividade 1992 - atualmente
Gravadora(s) Sony BMG Music Entertainment
Columbia Records
Página oficial http://www.jamiroquai.co.uk
Integrantes Jay Kay
Derrick McKenzie
Rob Harris
Paul Turner
Matt Johnson
Sola Akingbola

Jamiroquai é uma banda britânica de jazz liderada pelo cantor Jay Kay. A banda é popular no mundo todo e é o membro mais conhecido do cenário acid jazz, movimento londrino do início dos anos 90, junto a outros grupos como Incognito, Galliano.

Jamiroquai vendeu mais de 35 milhões de álbuns no mundo inteiro e ganhou um Grammy em 1997[1] .

O nome Jamiroquai é derivado do nome da tribo Iroquoi de nativos norte-americanos, com os quais Jay Kay diz se identificar filosoficamente.[2] .

Formação da banda[editar | editar código-fonte]

Jason Kay (Jay Kay), o líder do grupo, nasceu em Manchester, Inglaterra. Filho de mãe inglesa e de pai português. Talvez influenciado pela mãe, uma cantora britânica que actuava em bares e que chegou a ter o seu próprio programa de televisão nos anos 70, Jay Kay desde cedo mostrou grande aptidão e uma enorme paixão pela música.

Em 1989 conseguiu comprar uma bateria e gravar umas maquetas com a ajuda de um amigo. Mais tarde assinou contrato com a gravadora britânica Acid Jazz. Em 1991 após ter sido recusado numa audição para se tornar o cantor da banda Brand New Heavies, Jay Kay se juntou aos músicos N. Van Gelder, Toby Smith, Stuart Zender e Wallis Buchanan, formando assim a banda Jamiroquai.

A voz de Kay é comparada a de Stevie Wonder[3] [4] .

Primeiro single[editar | editar código-fonte]

O primeiro single da banda “When you gonna learn?” originou uma disputa entre gravadoras que acabou por ser ganha pela Sony, com quem assinaram um contrato de oito álbuns, uma proeza para um jovem que andava de skate, tinha uma paixão por roupas vintage e usava um chapéu esquisito.

Sucesso actual[editar | editar código-fonte]

Já se passaram dezessete anos desde que assinou com a Sony um contrato sem precendente para 8 álbuns. Depois de 25 milhões de cópias vendidas, quatro turnês mundiais e 141 semanas na tabela de singles britânica, pode dizer-se que a aposta da Sony deu frutos.

Evolução da banda[editar | editar código-fonte]

O primeiro disco, “Emergency On Planet Earth”, de 1993, foi o álbum que mais cópias vendeu em menos tempo, desde os tempos de “Faith”, de George Michael.

The Return Of the Space Cowboy’, de 1994, com os seus comentários satíricos e mordazes, é bastante agressivo, mas o sucesso da banda não ultrapassou as fronteiras britânicas. Entretanto, o álbum que deu a conhecer Jamiroquai em nível mundial – ‘Travelling Without Moving’ – veio com um aviso preocupante, profético, sobre os perigos associados à engenharia biogenética. Tal álbum foi precedido pelo single Cosmic Girl, single de 4 faixas com remixes sobre o hit de Jamiroquai.

O single vencedor de um Grammy e quatro prémios MTV, ‘Virtual Insanity’, foi lançado no dia em que a ovelha Dolly nasceu. Este álbum conquistou a crítica e o público tendo atingido o estatuto de platina em todo o mundo.

Logo após ‘Virtual Insanity’, surgiram desavenças durante a criação do “Synkronized”. Com o álbum quase pronto, Zender deixou o Jamiroquai, que por motivos de direitos autorais teve que criar novas músicas, basicamente um novo álbum que não constasse Zender como co-autor. Boatos dizem que Stuart Zender reclamou que Jay estava ganhando muito mais dinheiro que os outros, e estava insatisfeito com isso. Há também uma especulação de que a última faixa do “Synkronized”, intitulada King for a Day, é composta pelo Jay sobre a sua visão a respeito de Zender e de sua ganância.

Depois do álbum “Synkronized”, já sem a colaboração de Stuart Zender, os Jamiroquai colaboraram em “No Boundaries”, um projecto que contou com vários artistas, como Pearl Jam e Alanis Morissette, cujas receitas reverteram para os refugiados do Kosovo.

Em 2001 lançam “A Funk Odyssey”, que trouxe o hit Love Foolosophy, e depois retiram-se para passar os quatro anos seguintes a preparar “Dynamite” (2005).

Com um estilo de vida genuinamente de estrela de rock – Jay Kay possui uma mansão em Buckinghamshire com uma garagem cheia de carros desportivos – seria compreensível se o cantor, que assinou um contrato histórico enquanto vivia num cubículo em Ealing, no Oeste de londres, tivesse passado os quatro anos a seguir ao sucesso do seu primeiro álbum ‘A Funk Odyssey’ a gozar os frutos do seu trabalho.

Dynamite foi escrito e gravado em Espanha, Itália, Costa Rica, Escócia, Nova Iorque, Los Angeles e também no seu próprio estúdio, criado para o efeito na sua mansão em Buckinghamshire.

Vale lembrar que da formação atual (referente ao “Dynamite”) apenas Jay Kay, Derrick McKenzie e Sola Akingbola pertence à formação original.

No dia 16 de Agosto de 2010, foi anunciado no site oficial da banda um novo álbum intitulado Rock Dust Light Star, previsto para ser lançado em Novembro de 2010

O Jamiroquai apresentou-se no dia 29 de setembro de 2011 na 4ª noite do Rock in Rio no Rio de Janeiro.[5] [6] .

Discografia[editar | editar código-fonte]

Nota: Todas as datas referentes aos lançamentos originais no Reino Unido.

Álbuns da Banda[editar | editar código-fonte]

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

Compilações do cantor[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

High Times: Singles 1992-2006

Singles[editar | editar código-fonte]

From Emergency on Planet Earth:

  • "When You Gonna Learn" (1992) #52 UK
  • "Too Young to Die" (1993) #10 UK
  • "Blow Your Mind" (1993) #12 UK
  • "Emergency on Planet Earth" (1993) #32 UK
  • "When You Gonna Learn" (1993 re-release) #28 UK

From The Return of the Space Cowboy:

  • "Space Cowboy" (1994) #17 UK
  • "Half the Man" (1994) #15 UK
  • "Stillness in Time" (1995) #9 UK
  • "Light Years"
  • "The Kids"
  • "Morning Glory"

Guest appearance:

  • "Do You Know Where You're Coming From" (M-Beat featuring Jamiroquai) (1996) #12 UK

From Travelling Without Moving:

From Godzilla Soundtrack/Some editions of Synkronized/A funk oddysey:

From Synkronized:

  • "Canned Heat" (1999) #4 UK
  • "Supersonic" (1999) #22 UK
  • "King for a Day" (1999) #20 UK

Non-album single:

A Funk Odyssey Fan Club Promo :

From A Funk Odyssey:

  • "Little L" (2001) #5 UK
  • "You Give Me Something" (2001) #16 UK
  • "Love Foolosophy" (2001) #14 UK
  • "Corner of the Earth" (2002) #31 UK
  • "Main Vein" (2002)

From Dynamite:

Remix singles

  • "Space Cowboy" (2006) vinyl and download-only remix single #71 UK
  • "Deeper Underground" (2006) vinyl and download-only remix single
  • "Cosmic Girl" (2006) vinyl and download-only remix single
  • "Love Foolosophy" (2006) vinyl and download-only remix single (September 4, 2006) #166 UK

From High Times: Singles 1992-2006:

Radio

Membros actuais[editar | editar código-fonte]

Antigos membros[editar | editar código-fonte]

Convidados[editar | editar código-fonte]

  • Andrew Levy - Baixo (1992)
  • Simon Bartholomew - Guitarra (1992)
  • Martin Shaw - Trompete
  • Beverley Knight - Vocal (2001)

Referências

  1. Greg Prato. Jamiroquai Biography on Yahoo! Music Yahoo!.
  2. Dave Wilson. Rock Formations: Categorical Answers to How Band Names Were Formed. [S.l.]: Cidermill Books, 2004. 90 pp. 0974848352, 9780974848358
  3. Revista Trip #34. [S.l.]: Trip Editora e Propaganda SA, Setembro de 1993 ISSN 1414-350X.
  4. Eric Gladstone, CMJ New Music Monthly #21, Maio de 1995, ISSN 1074-6978, página 16
  5. http://funkin.com/news/3960
  6. Henrique Inglez de Souza. Jamiroquai Lança Disco Novo Em Novembro. Guitar Player.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jamiroquai

Ligações externas[editar | editar código-fonte]