Janela de Transferência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A janela de transferência é o período do ano em que os clubes de futebol podem transferir jogadores de outros países para a sua equipe. Essa transferência é completada, após registrar o jogador no novo clube através FIFA. "Janela de transferência" é o termo oficial utilizado pela mídia para o conceito de "período de inscrição", conforme descrito no Regulamento da FIFA sobre o Estatuto e Transferência de Jogadores.[1] De acordo com as regras, cada confederação nacional de futebol decide sobre o tempo (bem como as datas) da "janela", mas não pode ser superior a 12 semanas. O segundo período de inscrição ocorre durante a temporada e não pode exceder quatro semanas.

A janela de transferência de uma determinada confederação de futebol, regula apenas as transferências internacionais. A janela da confederação que o jogador está deixando, não precisa estar aberta para que ocorra esta transferência.

A janela foi introduzida em resposta às negociações com a Comissão Europeia. O sistema tem sido usado em muitos campeonatos europeus antes de ser trazido para efeito obrigatório pela FIFA, durante a temporada 2002-03.[2] O futebol inglês foi o primeiro a planejar isso no início dos anos 90, na esperança de que iria melhorar estabilidade das equipes e evitar os empresários na busca de ofertas durante todo o ano, mas no momento em que foi finalmente introduzido, eles foram convencidos de que iria dar trabalho.[3] No entanto, as regras exatas e possíveis exceções são estabelecidas pelo órgão regulador de cada competição e não pela confederação nacional de futebol.[4]

Agendas atuais e exceções[editar | editar código-fonte]

A FIFA regula em geral que não haverá duas janelas, um mais um (máximo de 12 semanas), no intervalo entre as duas temporadas e um mais curto (no máximo um mês) no meio de uma temporada. Os períodos específicos dependem do ciclo da temporada da liga e são determinados pelas autoridades nacionais de futebol.[5]

A maioria das grandes ligas europeias começam no segundo semestre do ano (por exemplo, agosto ou setembro) e se estende até o primeiro semestre do próximo ano (por exemplo, maio), resultando em uma janela de pré-temporada no verão que termina em agosto, e uma janela no meio da temporada, em janeiro.

Os períodos são diferentes quando a liga é executado ao longo de um único ano-calendário, como na maioria dos países nórdicos, devido a limitações meteorológicas, ou como a tradicional temporada no hemisfério sul. A primeira janela em geral abre a partir de 1 de março até a meia-noite de 30 de abril, seguido pela janela na temporada de 1 a 31 de agosto.

Janela de pré-temporada Janela no meio da temporada Confederações
1 de janeiro – 31 de março 15 de julho – 15 de agosto  Noruega[6]
1 de janeiro – 31 de março 14 de julho – 13 de agosto  Brasil[7]
8 de janeiro – 2 de abril 16 de julho – 13 de agosto  Japão[8]
10 de janeiro – 2 de abril 15 de julho – 11 de agosto  Suécia[9]
12 de fevereiro – 6 de maio 9 de julho – 8 de agosto  Estados Unidos/ Canadá[10]
1 de março – 30 de abril 1 – 31 de agosto  Finlândia[11]
9 de junho – 31 de agosto 1 de janeiro – 1 de fevereiro Escócia[12]
1 de julho – 31 de agosto 1 de janeiro – 2 de fevereiro  França,[13]  Alemanha,[14]  Itália,[carece de fontes?]  Espanha[15]
11 de junho – 1 de setembro 5 – 31 de janeiro  Turquia,[16]  Dinamarca[17]
1 de julho – 31 de agosto 1 – 31 de janeiro  Inglaterra[18] [19] [20] [21]
1 de junho – 31 de julho 14 de janeiro – 14 de fevereiro  Austrália[22]
1 de dezembro – 31 de janeiro 1 – 30 de junho  Quênia[23]
1 de dezembro – 31 de janeiro 1 – 30 de junho  Etiópia
11 de junho – 2 de setembro 3 – 31 de janeiro  Países Baixos[24]

Embora, na Inglaterra, a janela de transferência abre oficialmente em 1 de julho, as transferências entre clubes da mesma confederação podem ocorrer assim que os últimos jogos oficiais para a temporada sejam jogados. No entanto, muitas transferências não são concluídas até 1 de julho, porque muitos contratos dos jogadores expiram em 30 de junho. Fora da janela de transferência, um clube ainda pode contratar jogadores em caráter de urgência, normalmente quando eles não têm goleiro disponível. A restrição de janela de transferência não se aplica aos clubes abaixo do nível da.[25]

Se o último dia da janela de transferência é em um fim de semana, o prazo pode ser estendido para a próxima segunda-feira, a pedido dos envolvidos, por razões de negócios.[26]

Referências

  1. Regulations on the Status and Transfer of Players (2008) (PDF) (em inglês) FIFA (19 de outubro de 2003). Página visitada em 23 de janeiro de 2008.
  2. Uefa wants transfer windows (em inglês) BBC Sport (24 de janeiro de 2002). Página visitada em 29 de outubro de 2008.
  3. Ashdown, John (1 de fevereiro de 2012). Why does the Premier League have a January transfer window (em inglês) The Guardian. Página visitada em 12 de abril de 2012.
  4. Transfer clarification Football Association (1 de abril de 2005). Página visitada em 29 de outubro de 2008. [ligação inativa]
  5. Regulations on the Status and Transfer of Players (PDF) (em inglês) p. 10. FIFA. Página visitada em 29 de outubro de 2008.
  6. Nytt overgangsvindu i Norge (em norueguês) Adresseavisen (3 de janeiro de 2008). Página visitada em 30 de outubro de 2008.
  7. [1] (em portuguese) CBF (2014). Página visitada em 3 September 2014.
  8. 登録期間(ウインドー)と追加登録期限について (em japonês) Japan Professional Football League. Página visitada em 14 de dezembro de 2009.
  9. Transferfönstret (em suíço) fotbolltransfers.com. Página visitada em 23 de julho de 2013.
  10. 2013 MLS Player Rules & Regulations (em inglês) Major League Soccer. Página visitada em 3 de maio de 2012.
  11. Säännöt ja määräykset (em finlandês) Suomen Palloliitto. Página visitada em 29 de outubro de 2008.
  12. Here comes the 2013 summer transfer window (em inglês) Fieldo Magazine (20 de maio de 2013). Página visitada em 7 de agosto de 2013.
  13. Titre II – Les joueurs (em francês) p. 25. UNFP. Página visitada em 30 de outubro de 2008. [ligação inativa]
  14. Spielordnung (em alemão) p. 27. Deutscher Fußball-Bund. Página visitada em 29 de outubro de 2008.
  15. Liga de Fútbol Profesional (em inglês) Liga de Fútbol Profesional. Página visitada em 5 de janeiro de 2010.
  16. Europe's mid-season winter transfer window times in full (em inglês) premierleague.com. Página visitada em 6 de janeiro de 2013.
  17. Danske regler om overgangsperioder, betaling af træningskompensation og fordeling af solidaritetsbetaling (em inglês) Danish Football Association. Página visitada em 29 de maio de 2010.
  18. Premier League Hand Book, see page 150 (em inglês) FA Premier League. Página visitada em 23 de maio de 2009.
  19. The FA Rules & Regs FAQs Transfer Windows (em inglês) Football Association (29 de janeiro de 2004). Página visitada em 23 de maio de 2009.
  20. Ley, John (2 de julho de 2009). Premier League summer transfer window spending has only just begun (em inglês) The Daily Telegraph.
  21. Martin Tyler commentary on Fox Soccer Channel during England v Switzerland, 4 de junho de 2011.
  22. Frank Farina urges FFA to open A-League transfer window (em inglês). Página visitada em 8 de março de 2013.
  23. Kenyan transfers to be heavily scrutinised (em inglês) (9 de maio 2012). Página visitada em 27 de maio de 2012.
  24. Transfertermijn betaald voetbal en FIFA TMS (em alemão) (20 de dezembro 2011). Página visitada em 29 de maio 2012.
  25. Transfers – June 2011 (em inglês) BBC News (31 de maio de 2011). Página visitada em 31 de maio de 2011.
  26. Deadline day rules & regulations (em inglês) BBC Sport (1 de setembro de 2008). Página visitada em 29 de outubro de 2008.