Jano (satélite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jano
Satélite Saturno X
Imagem de Jano obtida pela sonda Cassini em 20 de fevereiro de 2008.
Características orbitais
Semieixo maior 151 460 ± 10
Excentricidade 0,0068
Período orbital 0,694660 d (16,67184 h)
Velocidade orbital média  ? km/s
Inclinação 0,163 ± 0,004 °
Características físicas
Diâmetro equatorial 178,8 ± 6,0 km
Área da superfície  ? km²
Massa 1,912 ± 0,005 ×1018 kg
Densidade média 0,64 ± 0,06 g/cm³
Gravidade equatorial ~0,0014 g
Dia sideral rotação síncrona
Velocidade de escape  ? km/s
Inclinação axial zero
Albedo 0,71 ± 0,02 (geométrico)
Temperatura média: ? ºC
Composição da atmosfera
Pressão atmosférica Inexistente

Jano é um satélite natural de Saturno, conhecido como Saturno X, foi chamado assim em homenagem à divinidade romana Jano.

Descoberta e órbita[editar | editar código-fonte]

Jano se encontra praticamente na mesma órbita do satélite Epimeteu, e esta característica provocou uma certa confusão entre os astrônomos, que acreditavam que tinha apenas um corpo naquela órbita e tiveram problemas em entender as características orbitais porque tentavam conciliar as observações de dois corpos distintos em um só objeto.

Características físicas[editar | editar código-fonte]

Jano têm muitas crateras, algumas até com mais de 30 km de diâmetro. A superfície parece ser mais velha que a de Prometeu, porém mais jovem que a de Pandora. Devido à sua baixa densidade e ao seu relativamente alto albedo acredita-se que Jano seja um corpo congelado e poroso, todavia estes dados precisam ser confirmados.

Ícone de esboço Este artigo sobre um satélite natural é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.