Jardim Botânico de Lyon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estufa do Parque Tete d'Or, Lyon.

O Jardim Botânico de Lyon ( em francês Jardín Botanique de Lyon ) está situado no chamado Parc de la Tête d'Or , coração da cidade de Lyon, França, com 8 hectares de extensão, dos quais 6500 m² são estufas. Esta estufas albergam 15.000 espécies, muitas delas ameaçadas ou em fase de extinção.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1763, o abade Rozier cria um jardim de plantas na colina de "Croix-Rousse". Em 1792, o jardim de plantas sofre um impulso sob a iniciativa de Jean-Emmanuel Gilibert.

A história do jardim passa a se confundir com o Jardim Botânico de Lyon com a aquisição pela cidade do "Parque de la Tête d'Or" em 1856, quando o prefeito da época era Claude-Marius Vaïsse. Foram necessários 5 anos de trabalho para arranjar este vasto terreno pantanoso de 117 hectares que pertencia aos Hospices Civils de Lyon. O planejamento foi confiado ao paisagista suíço Denis Bülher.

Quando pronto, o jardim de plantas foi transferido da colina de Croix-Rousse para o novo local. Lá cresceu e expandiu rapidamente, principalmente quando da implantação das estufas entre 1860 e 1880, que permitiram adquirir grandes coleções de espécimes das floras tropicais e equatoriais.

Atualmente, o Jardim Botânico de Lyon é um dos mais ricos da Europa e o conjunto, formado pelo jardim inglês, jardim botânico e zoológico constituem o mais bonito parque urbano da França.

De acordo com a Convenção sobre a Biodiversidade ( Rio de Janeiro, 1992), conhecida como ECO-92, o Jardim Botânico de Lyon tem adotado uma política de intercâmbio de material vegetal com instituições científicas e hortícolas de todo o mundo, distribuindo sementes para fins de pesquisa.

Coleções[editar | editar código-fonte]

O Jardim Botânico de Lyon alberga 28 coleções de plantas, entre elas:

Equipamentos[editar | editar código-fonte]

  • Biblioteca: Foi fundada em 1884, ou seja, 27 anos depois da transferência do parque de Croix –Rousse para Tête d’Or. Não é aberta ao público, porém, através de solicitação, é possível ter acesso aos seus documentos e livros.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]