Jay Garrick

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Jay Garrick
Jay Garrick.jpg

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição Flash Comics # 1 (Jan. 1940)
Criado por Gardner Fox
Harry Lampert
Características do personagem
Alter ego Jason Peter "Jay" Garrick
Afiliações Sociedade da Justiça
All-Star Squadron
Liga da Justiça
Base de operações Keystone City
Situação presente Vivo
Habilidades Tem poderes de supervelocidade por motivo de um acidente com experimentos químicos.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Jay Garrick (também conhecido no Brasil como Joel Ciclone)[1] é um personagem da editora norte-americana DC Comics, e foi o primeiro personagem a se chamar Flash.

Trajando calças azuis, camisa vermelha e um estranho capacete com asas (óbvia referencia ao veloz deus romano dos mensageiros, Mercúrio), o primeiro Flash surgiu em Janeiro de 1940. Criado pela dupla Gardner Fox e Harry Lampert. Esse primeiro Flash também fez parte do primeiro grande grupo de super-heróis da DC Comics, a Sociedade da Justiça, junto com versões da Era de Ouro dos Quadrinhos de vários personagens da DC Comics, como o Lanterna Verde e a Mulher-Maravilha. Quando estava em ação Jay tinha o cuidado de manter seu rosto em constante vibração, dando uma aparência de embaraçamento e, portanto impedindo que o recohecessem. com o passar dos anos, a preservação de uma dupla identidade. Quando começou a ser publicado no Brasil, o primeiro Flash foi batizado nos anos 40 do século XX de Joel Ciclone.

Com o tempo, o personagem acabaria entrando em desuso, deixando de ter suas aventuras publicadas. O "Flash" seria re-inventado décadas mais tarde, bastante diferentes. Mais para a frente, Jay Garrick voltaria à ser usado, como se fizesse parte do passado do Universo DC, criando assim um "Legado do Flash", com vários personagens recebendo a honra e o dever de usarem o nome "Flash", para proteger Keystone City. Atualmente, Garrick é um dos personagens secundários nas histórias de Wally West, o terceiro Flash, que são atualmente escritas pelo badalado Geoff Johns.

Origem[editar | editar código-fonte]

Jay Garrick era aluno da Universidade de Keystone City, onde trabalhava como assistente de laboratório para seu professor de Biologia. Um dia, ele ficou até tarde no laboratório para terminar um trabalho e, sonolento, acidentalmente derrubou um frasco contendo uma amostra de um misterioso líquido conhecido como água pesada. Os vapores emitidos pelo líquido nocautearam Jay e ele ficou horas respirando-os antes de ser encontrado por seu professor e levado ao hospital.

Após uma breve recuperação, ele descobriu que os vapores haviam ativado seu Meta-Gene latente e lhe dado o superpoder de correr à velocidade do som. Ele decidiu usar seus superpoderes para combater o crime e tornou-se o primeiro Flash. Ao invés de usar uma máscara, ele adotou um capacete baseado no do deus da velocidade Mercúrio e, para ocultar sua verdadeira identidade, ele vibrava o seu rosto para que ele saísse borrado em fotos e vídeos.

Jay eventualmente juntou-se à Sociedade da Justiça da América e casou-se com sua namorada, Joan Williams. Pouco depois, ele foi atacado por seus inimigos, o Mago, o Pensador e o Penumbra, e, como resultado, Keystone City foi coberta por um domo sombrio e sua existência foi apagada das mentes de todos, levando o resto do mundo a acreditar que Jay era um personagem de histórias em quadrinhos.

Anos depois, o segundo Flash, Barry Allen, que havia sido inspirado pelas HQs de Jay, descobriu Keystone City e libertou o herói, que tornou-se seu mentor e retornou à Sociedade da Justiça da América, que havia sido originalmente desfeita como parte de uma conspiração organizada por Vandal Savage. Pouco depois, Jay foi enviado para o Limbo ao lado dos outros membros-fundadores da equipe, onde ficou preso por anos antes de ser liberto pelo super-herói Tempus.

De volta, Jay tornou-se mentor do terceiro Flash, Wally West, e do Impulso, Bart Allen. Ele teve seu envelhecimento retardado devido à energia sombria que seu corpo havia absorvido durante um confronto com o supervilão Ian Karkull e também tornou-se capaz de acessar a Força de Aceleração, que lhe dava o poder de correr à velocidade da luz.

Até hoje, Jay continua casado com Joan e é um membro vital da Sociedade da Justiça e da Família Flash.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

  • Flash possui super velocidade: isto dá, não só a habilidade de mover-se depressa, mas também de enxergar o mundo como estivesse em camera lenta, podendo enxergar a trajetória de balas e objetos muito rápidos e pegá-los com as mãos.
  • Tal velocidade permite correr sobre a superfície das águas e pelas paredes.
  • Uma aura protege o corpo do Flash quando em supervelocidade: assim, ele não se fere com o atrito do ar. Isto protege também objetos e até pessoas em contato com o corpo do Flash.
  • O Flash consegue criar ventos fortes por girar em círculos ou agitando membros do corpo, como os braços.
  • Flash consegue vibrar através de objetos sólidos. Os átomos do seu corpo deslizam suavemente entre os espaços das moléculas que compõe a matéria.
  • Uma explicação parecida permite que o Flash atinja outras dimensões. As Terras Paralelas, ao menos, eram separadas por defasagem vibracional; Flash só tinha que vibrar mais rápido que essas vibrações e assim, atingiria outra dimensão.

Referências

  1. Sérgio Cariello e Equipe UHQ. Um mito do mundo dos quadrinhos Universo HQ.