Jean-François Regnard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jean-François Regnard

Jean-François Regnard (Paris, 7 de fevereiro de 1655 — Dourdan, 4 de setembro de 1709) foi um dramaturgo francês.

Além de suas comédias, estilo pelo qual é mais conhecido, Regnard também escreveu relatos de viagens e um pequeno romance, la Provençale, de caráter autobiográfico e diversos poemas entre os quais se destaca Satire contre les maris, como resposta à sátira de Boileau contra as mulheres.

Obras teatrais[editar | editar código-fonte]

  • 1690 - Arlequin homme à bonne fortune
  • 1691 - La Coquette
  • 1694 - Attendez-moi sous l’orme et La Sérénade
  • 1695 - La Foire Saint-Germain
  • 1696 - Le Joueur
  • 1697 - Le Distrait
  • 1699 - Le Carnaval de Venise
  • 1700 - Démocrite amoureux
  • 1704 - Les Folies amoureuses
  • 1705 - Les Ménechmes
  • 1708 - Le Légataire universel

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.