Jean-François de Troy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Declaração de Amor (1735)

Jean François de Troy (27 de janeiro de 1679, Paris26 de janeiro de 1752, Roma) foi um pintor do período rococó e desenhista de tapeçarias francês. Ele era membro de uma família de pintores, sendo filho de François de Troy (1645-1730), de quem recebeu as primeiras lições de pintura e sob cujo patrocínio residiu na Itália (1699-1706), principalmente em Roma, mas tendo visitado também muitas cidades do norte daquele país.

Portal A Wikipédia possui o(s) portal(is):
Portal da Arte


Obras[editar | editar código-fonte]

  • Le Christ devant Pilate
  • Le Dédain de Mardochée envers Aman
  • Le Triomphe de Mardochée
  • L'Evanouissement d'Esther
  • Un déjeuner de chasse
  • Déjeuner d'huîtres
  • Repos de Diane
  • Diane changeant Actéon en Cerf
  • Avant le bal
  • Le bienheureux Jérôme Emilien présentant des enfants à la Vierge
  • The Reading from Moliere

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências gerais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Arte ou História da arte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Jean-François de Troy