Jean-Louis Pons

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jean-Louis Pons
Astronomia
Nacionalidade França Francês
Nascimento 24 de dezembro de 1761
Local Peyre
Morte 14 de outubro de 1831 (69 anos)
Atividade
Campo(s) Astronomia
Prêmio(s) Prêmio Lalande (1818), Medalha de Prata da RAS (1824)

Jean-Louis Pons (Peyre, 24 de dezembro de 176114 de outubro de 1831) foi um astrônomo francês.

Apesar de um começo humilde e de ser autodidata, foi o maior descobridor de cometas identificáveis a olho nu: entre 1801 e 1827 Pons descobriu trinta e sete cometas, mais do que qualquer outra pessoa.

Vida[editar | editar código-fonte]

Pons nasceu em Peyre, Altos Alpes, em uma família pobre, tendo recebido pouca educação escolar. Em 1789 começou a trabalhar no observatório de Marselha como concierge, e gradualmente ganhou experiência para auxiliar os astrônomos com observações. Aprendeu por conta própria a fazer suas próprias observações, mostrando habilidade notável em lembrar campos de estrelas e anotar mudanças nas mesmas.

Em sua carreira astronômica inicial, o despretensioso e confiante Pons foi frequentemente alvo de piadas dos astrônomos mais experientes. Franz Xaver von Zach em uma ocasião aconselhou-o a procurar cometas quando as manchas solares eram visíveis, mas ao fazê-lo Zach pode inadvertidamente tê-lo dado um bom conselho.[1]

Carreira como astrônomo[editar | editar código-fonte]

Pons fez sua primeira descoberta de um cometa, conjuntamente atribuída a Charles Messier, em 11 de julho de 1801. Possivelmente usou telescópios e lentes desenvolvidos por ele mesmo; o seu "Grand Chercheur" foi possivelmente um instrumento de grande abertura e pequena distância focal, similar a um buscador de cometas.[2] Contudo, ele não foi um anotador de suas observações especialmente diligente, e suas notas eram extremamente vagas.[2]

Em 1819 tornou-se diretor do novo observatório de Marlia próximo a Lucca, o qual deixou em 1825 para ensinar astronomia na La Specola, em Florença.

Descobriu quatro cometas periódicos, dois dos quais, 7P/Pons–Winnecke e 12P/Pons-Brooks, levam seu nome. Um observado em 26 de novembro de 1818 foi denominado cometa Encke, homenagem a Johann Franz Encke, que calculou sua órbita e seu notável curto período (Encke, contudo, continuou a referir-se ao mesmo como "cometa Pons"). Pons também descobriu o cometa antigamente denominado "Pons-Coggia-Winnecke-Forbes" e atualmente conhecido como 27P/Crommelin, em homenagem a Andrew Crommelin, que calculou sua órbita.

Pons recebeu o Prêmio Lalande em 1818, por sua descoberta de três cometas naquele ano.

Em 1827 sua visão começou a declinar, mas ele continuou suas observações até próximo de sua morte.

Referências

  1. Calder, N. Comets: Speculation and Discovery, Courier, 1994, p.80
  2. a b Roemer, E. Jean Louis Pons: Discoverer of Comets, San Francisco: Astronomical Society of the Pacific, 1960, p.2

Este artigo incorpora texto da Encyclopædia Britannica (11ª edição), publicação em domínio público.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Medalha de Prata da Royal Astronomical Society
1824
com Karl Rümker
Sucedido por
William Samuel Stratford e Mark Beaufoy


Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.