Jean Cavaillés

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jean Cavaillès)
Ir para: navegação, pesquisa

Jean Cavaillès (Saint-Maixent, 15 de Maio de 1903 - Arras, 17 de Fevereiro de 1944) foi um filósofo e matemático francês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou na École Normale e foi professor de lógica matemática em Estrasburgo e na Sorbonne. Participou ativamente da Resistência francesa à ocupação nazista sendo um dos fundadores dos movimentos Libération. Tenente da Infantaria e prisioneiro evadido, tornou-se membro do Comitê Diretor de Libertação-Norte assumindo a execução de missões audaciosas como sabotagens à marinha do Reich e a destruição de intalações alemãs de faróis telecomandados nas costas francesas. Acabou preso pela Gestapo em 28 de Agosto de 1943. Trancafiado na Prisão de Fresnes, foi torturado e passou por doze interrogatórios que não lhe arrancaram uma palavra. Por fim, foi transferido para a Fortaleza de Arras, onde foi fuzilado.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Remarques sur la formation de la théorie abstraite des ensembles (1938)
  • Méthode axiomatique et formalisme (1938)
  • Sur la logique et la théorie de la science (1947, póstuma).
  • Transfinito e Contínuo (1947, póstuma)

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Canguilhem, Georges (1976). Vie et mort de Jean Cavaillès, Les carnets de Baudasser, Villefranche, Pierre Laleur éditeur.
  • Ferrières, Gabrielle (1982). Jean Cavaillès, un philosophe dans la guerre, Seuil.
  • Lévy, Bernard Henri (2001). O Século de Sartre (Tradução de Jorge Bastos). Rio de Janeiro: Nova Fronteira. ISBN 852091229X