Jean Duvet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gravura da série do Apocalipse

Jean Duvet (Dijon ?, 1485 — Langres ?, depois de 1562) foi um ourives e notável gravurista francês do Maneirismo.

Duvet foi o primeiro gravurista de importância da França, dono de um estilo altamente pessoal, muitas vezes comparado a William Blake por sua tendência mística.

Em 1509 foi aceito na guilda dos ourives em Dijon, e em torno de 1519 viajou para a Itália. Lá produziu sua primeira gravura conhecida. Mesmo permanecendo na província, foi indicado ourives dos reis Francisco I e Henrique II da França. Também foi responsável pelas decorações efêmeras nas visitas reais em Langres. Houve dois outros artistas com o nome de Jean Duvet trabalhando em Genebra, mas provavelmente um deles foi um sobrinho seu, e do outro não há referências seguras. Alguns autores acreditam que se tratem do mesmo Duvet de Dijon.

Suas obras mais famosas são a série do Apocalipse, que mostram influência do trabalho de Dürer, a série do Unicórnio, a série celebrando a monarquia francesa. Suas cópias são raras e algumas sobrevivem em apenas uma cópia. Também usou a gravura para fazer reproduções de gravuras de Mantegna e outros mestres célebres.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jean Duvet

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi elaborado a partir de tradução do artigo Jean Duvet, da Wikipédia em inglês, que se encontrava nesta versão.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]