Jean de Brunhoff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Jean de Brunhoff (9 de dezembro de 189916 de outubro de 1937) foi um escritor e ilustrador francês conhecido pela co-criação de Babar, um elefante personagem de uma série de livros infantis, publicado pela primeira vez em 1931. A história foi originalmente contada pela sua esposa, Cecile de Brunhoff, a seus filhos Laurent e Mathieu. Depois desta estreia, outros seis títulos foram publicados por ele

Após sua morte, a editora Hachette comprou os direitos de impressão e publicação da série Babar, e o filho de Jean, Laurent de Brunhoff, continuou a série a partir de 1946, ilustrando os livros como fazia seu pai. As primeiras sete histórias do pequeno elefante foram republicadas e milhões de cópias foram vendidas em todo o mundo, mas elas foram editadas; ao invés das 48 páginas originais, as reimpressões possuíam apenas 30 páginas.

Jean de Brunhoff está enterrado no famoso cemitério de Père Lachaise em Paris, França.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • A.B.C. de Babar, 1936
  • Babar e o Papai Noel, 1940.
  • Babar e seus Filhos, 1938.
  • Babar, o Rei, 1935.
  • A História de Babar, 1934.
  • As Viagens de Babar, 1934.
  • As Férias de Zefir, 1937.
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.