Jean de La Bruyère

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Retrato atribuído a Nicolas de Largillierre.

Jean de La Bruyère nasceu em Paris em 16 agosto 1645 e morreu em Versalhes em 10 de Maio de 1696. É um moralista francês. La Bruyère é famoso por uma única obra, dos Personagens ou costumes do século (Les Caractères ou les Mœurs de ce siècle) (1688) [1] . Este livro, composto de um conjunto de peças curtas de literatura, é uma crônica do espírito essencial do século XVII. La Bruyere foi um dos escritores do passado que destacou o "estilo" da literatura, desenvolvendo um fraseado rítmico em que os efeitos de ruptura são fundamentais. Este estilo incentiva a leitura em voz alta, indicando o estado de atividade dos juízos morais pela operação retórica obtida através da leitura em voz alta para o público. La Bruyere dedica uma seção inteira a caracteres de eloquência perversos. Muitos autores têm seguido o caminho traçado pela estilística La Bruyere desde Marivaux, de Honoré de Balzac e de Marcel Proust, passando por André Gide.

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Jean de La Bruyère

Referências

  1. Jean de La Bruyère. Les caracteres de Theophraste traduits du grec, avec Les caracteres, ou, les moeurs de ce siecle. Paris: Bookking International, 1993

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.