Jeans (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jeans
Informação geral
Origem Cidade do México, D.F
País  México
Gênero(s) Teen Pop
Pop
Período em atividade 1996—2008
Gravadora(s) Sony BMG Music Entertainment
EMI
Página oficial http://www.grupojeans.com/
Integrantes Patricia Sirvent
Karla Díaz-Leal
Marcela García Cruz
Ex-integrantes Ver Ex-integrantes

Jeans foi um girl group pop mexicano iniciada em 1996, que passou por diversas mudanças de integrantes em seus 13 anos de existencias. A única integrante que esteve por todos esses anos foi a líder do grupo Patrícia Sirvent. A segunda integrante com mais tempo dentro do grupo foi Karla Diaz-Leal que ficou por 12 anos e entrou no segundo álbum.

História do Grupo[editar | editar código-fonte]

O grupo começou, segundo a história oficial contada pelas integrantes, com o sonho de Paty de ter uma banda que cantasse e dançasse. Com o apoio da família Sirvent, Paty convidou as amigas Tabatha, Angie, Litzy e Bianca para participarem do projeto e juntas começaram a ter aulas de canto e dança. Bianca abandona o projeto antes de assinar contrato com a gravadora e o Jeans vira um quarteto. Com o lançamento do primeiro cd que levou o mesmo nome, as jovens vão ganhando cada vez mais reconhecimento. Com as músicas Pepe e Me pongo mis Jeans o grupo logo alcançou grande popularidade entre crianças e jovens.

Com todo o sucesso adquirido pelo grupo, logo foi planejado um segundo cd, mas Litzy e Tabatha decidem sair, a primeira para ter sua carreira solo e a segunda para se concentrar nos estudos. Em seus lugares entram as promissoras Melissa e Karla, e com o grupo elas lançam sucessos como Estoy por Él, Enferma de Amor e La Ilusion del Primer Amor. Ao lançar o segundo disco elas são lançadas ao êxito total e suas músicas eram tocadas em várias rádios e elas convidadas a vários programas de televisão.

No ano de 1999 chega a hora de gravar um novo disco e elas se vêem novamente confrontadas com mais uma saída de integrante: Melissa decide abandonar o grupo antes das novas gravações. Em seu lugar entra a jovem Regina, e com ela, as Jeans gravam os singles: Dime que me amas, Solo vivo para ti, Muero por ti e Escaparé Contigo mantendo o êxito do segundo trabalho.

No final do ano 2000 é a vez de Angie sair. Com um contrato para ser cantora solo e querendo novos aprendizados ela diz adeus ao grupo e entra a talentosa Dulce María. Além da novata o grupo muda de gravadora, o que as fazem muito bem e as deixam novamente com o ar juvenil do começo da carreira misturado no ponto certo com suas recem adquirida juventude. Com Dulce gravam os êxitos Entre Azul y Buenas Noches, Corazon Confidente e Azul, singles que ficaram meses entre as músicas mais populares do México.

Em 2002 Dulce e Regina se despedem do grupo, a primeira para protagonizar a novela Clase 406 e a segunda alegando danos psicológicos dentro da agrupação. Em seus lugares entram Valéria e Amiel, jovens que vinham com nova imagem das músicas: agora elas esqueciam o pop juvenil e numa tentativa de mostrar amadurecimento trocam sua música pela grupera, um ritmo regional e exitoso no México. Lançaram as versões de Corazon Confidente, Mensajes en Botellas e a inédita Como Olvidarte.

O estilo regional não lhes caem bem, e elas voltam ao pop em 2004 com uma nova integrante: Sabrina substituindo Valéria que precisou sair porque sua mãe encontrava-se muito doente. Com a nova formação mudam novamente de gravadora e lançam singles como Ammore, Como Duele, En Mala Hora e Loca de Amor, músicas animadas e divertidas que remetiam ao terceiro trabalho ao fazer uma grande mistura de sons e ritmos.

Em 2006 Amiel sai do grupo numa confusa briga acusando o manager, Alejandro Sirvent, pai de Paty, de agredi-la e não pagar seu salário. Enquanto isso entrava a talentosa e bela Marcela, que trazia a imagem livre e independente que o grupo necessitava agora. Com uma imagem mais amadurecida, elas lançam Yo No Te Pido La Luna, Tu Falso Amor e La Mujer Maravilla. O último single desse cd já foi lançado sem Sabrina que deixou o grupo durante a divulgação desse material.

Em 2008 elas comemoravam o aniversário de 12 anos reunindo em CD+DVD seus maiores sucessos e depoimentos de algumas ex integrantes que contavam suas experiências no grupo. Das novas versões, elas trabalharam com La Ilusion del Primer Amor e Estoy Por Él. O terceiro single deste material foi a única música inédita dele: Lo Que Siento.

O penultimo single do Jeans foi enquanto estavam juntas foi uma música escrita por Paty em agradecimento e homenagem aos fãs: Fue Por Tí. O clipe continha imagens de todas as integrantes e de vários momentos do grupo. O último já fora lançando no fim: foi a nova versão de Entre Azul y Buenas Noches, gravado no Teatro Metropolitan no dia 19 de outubro de 2008 no último concerto delas como grupo.

Problemas do grupo[editar | editar código-fonte]

Desde o começo do êxito elas já enfrentavam constantes problemas. Quando Litzy e Tabatha saíram e enquanto Karla e Melissa não entravam eram frequentes os boatos que o grupo encerrariam seus sonhos. Com o passar dos anos foram crescendo cada vez mais os boatos de agressão física e psicológica, falta de pagamento, brigas e preferências e proteções exageradas dos empresários do grupo em cima de algumas integrantes, a principal dela Patricia que era a filha do principal empresário: Alejandro Sirvent.

Amizades atuais[editar | editar código-fonte]

Ao saírem do grupo, as três restantes, Karla, Paty e Marcela, pareciam muito amigas. O ultimo show foi cheio de tristeza e melancolia. Mas alguns meses depois, em 2009, alguns problemas vieram a tona. Karla não aceitou comparecer em um programa televisivo que recordaria o grupo. Marcela e Paty disseram que ela estaria de férias, mas a informação foi aceita por poucos fãs.

Em outubro de 2010 Patricia Sirvent se casa e a única a comparecer foi Marcela. Em um twitcam realizado em setembro de 2011, Karla disse que não mantem contato com Paty e que não foi sequer convidada ao seu casamento. Sabrina e Marcela foram, mas a primeira por outros compromissos não pode estar presente. Hoje, nenhuma tem realmente amizades com quem foi um dia considerada fundadora do grupo.

Karla, Marcela e Sabrina são amigas próximas nos dias de hoje. Karla e Sabrina mantêm contato com Amiel e foram em seu casamento, onde também compareceu Valéria. Marcela tem contato com Tabatha a quem conheceu anos depois de desintegração do grupo. Karla tem amizades com Angie, Regina, Melissa e Dulce María até hoje, amizades reanimadas depois do fim do grupo.

Angie e Melissa trabalham juntas e são sócias em uma loja feminina no México. Ambas são amigas de Dulce María. Angie e Regina também mantêm contato. Litzy e Tabatha ainda se vêem, mas são pouco amigas.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Última formação[editar | editar código-fonte]

  • Patricia Sirvent Bartón (1995–2008).
  • Karla Haydeé Díaz-Leal Arreguín (1997–2008).
  • Marcela García Cruz (2005–2008).

Ex-membros[editar | editar código-fonte]

  • Bianca Carrasco (1995–1996).
  • María de los Ángeles (Angie) Taddei Cella (1995–2000).
  • Litzy Vannya Domínguez Balderas (1995–1997).
  • Tabatha Vizzuet Sepulveda (1995–1997).
  • Melissa López Zendejas (1997–1999).
  • Regina Murgía Pages (1999–2002).
  • Dulce María (2000–2002).
  • Valeria Maza Matheu (2002–2004).
  • Elizabeth Amiel Tena Hernández (2002–2005).
  • Sabrina Rodríguez Dalia Chiara (2004–2007).

Atualidade[editar | editar código-fonte]

O grupo encerrou sua história em outubro de 2008. Patricia Sirvent havia mudado seu nome artistico para Patylu e se tornado cantora infantil, mas em 2010 ela se casou com o deputado César Nava e sua carreira foi deixada de lado. Patylu prometeu voltar aos holofotes em 2011 com novo disco e clipe, mas nada aconteceu. Além disso, está grávida de uma menina, a qual nascerá já no início de 2013. Karla Diaz-Leal saiu do grupo com um disco pronto sob a tutela do seu empresário de longa data Alejandro Sirvent. Por motivos desconhecidos o cd foi descartado e Karla começou a produção de outra produção com a cooperação do cantor Kalimba. Marcela García lançou uma música de trabalho, mas descontente com seus empresário pós agrupação desistiu de lançar trabalho solo e hoje se dedica a apresentação de programas e outras atividades fora do mundo da música.

Litzy lançou 3 discos solo, mas não atingiu o êxito esperado, tendo mais sorte como atriz com várias protagonistas no currículo. Angie e Melissa apresentam um programa de TV chamado Picnic no canal Telehit. Angie também tentou a sorte como cantora solo, mas foi sem sucesso. Tabatha foi uma das poucas que não tentou carreira no meio musical, hoje é produtora de cinema.

Regina é hoje modelo e atriz. Dulce María é a mais exitosa das integrantes que passou pelo grupo. Com várias novelas no currículo, ela se tornou integrante da banda RBD e conseguiu êxito em vários lugares do mundo. Atualmente divulga seu trabalho solo.

Valéria é modelo. Amiel segue como cantora solo. Sabrina se casou nos primeiros meses de 2009.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Bianca era filha de um importante empresário de uma gravadora, mas não foi a que as Jeans originais firmaram contrato.
  • O Segundo, Terceiro e Quarto discos foram gravados em países europeus. Elas passavam cerca de dois meses viajando para poder gravá-lo.
  • O cd Porque Soy Libre teve uma grande aceitação na Itália, e elas chegaram a ir promocioná-lo por lá.
  • Quando esteve no grupo, Dulce María foi chamada pelo apelido de Candy.
  • O apelido de Karla é Karliux ou Win.
  • Houve boatos que havia relações entre as meninas do grupo com garotos de outros grupos latinos como o Mercúrio e o Ciao Mama. Karla e Paty negam, mas Angie e Regina confirmam algumas histórias.
  • Havia boatos de uma rejeição as novatas no grupo. Elas, quando entravam, deveriam ganhar a confiança das antigas.
  • Angie foi processada por caluniar o Jeans pelo pai de Paty. O processo não se seguiu.
  • Amiel e Regina processaram Alejandro Sirvent, mas não houve julgamento.
  • Angie e Valéria foram as única integrantes do grupo a virem de outros países: Angie é argentina e Valéria da Guatemala.
  • Sabrina foi convidada ao grupo pela própria Paty. Ela era uma das mais estudadas, sabia falar Italiano e Inglês com fluência, além de ter feito vários anos de canto e dança.
  • Melissa, Karla, Amiel e Valéria entraram no grupo através de um grande casting feito na época das saídas de Litzy, Tabatha, Dulce e Regina.
  • Houve duas formações especiais no grupo: Tabatha chegou a trabalhar com Melissa antes de sair, provando assim que Karla não entrou ao mesmo tempo que Mel; e Regina chegou a fazer concertos com Valéria, mas apenas durante o mês de julho de 2002.
  • Os cd's Tr3s e Ammore foram gravados sem a presença das novatas em seus tempos: Regina e Sabrina. No caso de Regina as vozes que ela fazia eram normalmente no coro ou então um dueto com outra integrante. No caso de Sabrina a voz dela era feita por uma backing vocal da banda.
  • Angie, Melissa, Regina e Dulce María chegaram a formar um grupo chamado Ex-Jeans com a mesma proposta do Jeans. Mas por causa de Dulce que aceitava seu segundo papel protagônico, o projeto não seguiu em frente.

Discografía parcial[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estudio[editar | editar código-fonte]

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • 2008 - El ultimo adiós de Jeans

Videografia[editar | editar código-fonte]

  • Pepe
  • Me Pongo Mis Jeans
  • Estoy Por Él
  • Enferma De Amor
  • La Ilusion Del Primer Amor
  • Dime Que Me Amas
  • Solo Vivo Para Ti
  • Entre Azul Y Buenas Noches
  • Corazon Confidente
  • Azul
  • Corazon Confidente (Versão Grupero/Norteña)
  • Ammore
  • En Mala Hora (Vídeo Gravado Por Um Programa De Tv)
  • Yo No Te Pido La Luna
  • Tu Falso Amor
  • La Ilusion Del Primer Amor
  • Estoy Por Él
  • Fue Por Ti
  • Entre Azul Y Buenas Noches (Gravado No Último Concerto)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app kguitar.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.