Jenipapeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaJenipapeiro
Geniculata (esquerda) e Genipa (centro e direita)

Geniculata (esquerda)
e Genipa (centro e direita)
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Gentianales
Família: Rubiaceae
Género: Genipa
Nome binomial
Genipa americana

O jenipapeiro (Genipa americana) é uma árvore que mede até 14 m da família das rubiáceas, nativa de regiões tropicais das Américas.

Descrição[editar | editar código-fonte]

É uma árvore de grande porte, semidecídua. Copas estreitas, piramidal e irregular, quando jovem. Nos adultos, torna-se arredondada. Fuste reto, com ritidoma áspera, de cor castanha. Folhas simples, opostas, glabras. Flores grandes, com corola branca-amarelada. O fruto é uma baga globosa, com polpa adocicada, aromática. Quando maduros, apresentam casca enrugada, coriácea e de cor parda. As sementes são achatadas, duras e pequenas, no meio da polpa.[1]

Utilidades[editar | editar código-fonte]

Com casca tanífera, geralmente usada em curtume para curtimento de couros e como medicamento caseiro nos problemas gástrico, pulmonares e principalmente no combate a malária devido ao sulfato de quinina, sua madeira de grande qualidade, utilizadas nas confecções de gamelas, folhas forrageiras, flores campanuladas, brancas ou amareladas, e bagas subglobosas, seu fruto, o jenipapo, é comestíveis e utilizado na produção de tinta preta, doces e licores, principalmente na região Nordeste do Brasil.

Referências

  1. FRANCISCO COELHO ALENCAR. Arborização Urbana no Distrito federal. Brasília: Secretaria de Publicações do Senado federal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete jenipapeiro.