Jenny Calendar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}


Jenny Calendar
Personagem de Buffy a Caça Vampiros
Morada  Estados Unidos Sunnydale, Califórnia
Origem  Estados Unidos
Sexo Feminino
Espécie Humano
Actividade(s) Descendente de Ciganos
Especialidade(s) Bruxaria
Feitiços
Amigo(s) Rupert Giles
Buffy
Xander
Willow
Cordélia
Angel
Criado por Joss Whedon
Voz Brasil Telma Costa
Primeira aparição "Eu Robô, Você Jane" ("I Robot, You Jane")
Última aparição "Reparos" ("Amends")
Interpretado por Robia LaMorte
Projecto Televisão  · Portal Televisão

Jenny Calendar é uma personagem fictícia criada por Joss Whedon para a série cult, Buffy a Caça Vampiros, e é interpretada pela atriz Robia LaMorte.


História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Jenny Calendar surge pela 1° vez no episódio "Eu Robô, Você Jane", como a nova professora de informática, logo se descobre que ela se interessa pelo oculto, quando ela ajuda Giles a exterminar um demônio da internet que estava perseguindo Willow. Jenny logo se vê apaixonada por Giles assim como ele também, mas só começam um relacionamento a partir da 2° Temporada.


As Origens[editar | editar código-fonte]

Na 2° Temporada da série, Jenny tem um papel crucial na história e se descobre que ela era uma descendente de ciganos, e que estava ali somente para espionar Buffy e Angel e impedir que os dois tivessem um relacionamento mais íntimo, isso porque ela sabe que Angel carrega consigo uma maldição conjurada por um dos descendentes dela, e que, no 1° momento de felicidade verdadeira do mesmo, ele voltaria a ser um assassino inescrupuloso como antes. Quando Buffy e os outros descobrem a farça, pensam que ela é na verdade a vilã, e passam a ignorá-la rigorosamente e Giles termina o seu relacionamento com ela. Por causa disso, ela começa a fazer de tudo para provar que não tinha más intenções e, quando Angel volta a ser mal, ela consegue encontrar uma espécie de cápsula que tem o poder de restaurar almas.


A Morte[editar | editar código-fonte]

Quando a cigana descobre a maneira de reverter o erro que cometeu, Angel, que desconfiado estava espionando o tempo todo, a mata brutalmente, e, sabendo que Giles ainda a amava, deixa o corpo em sua cama a luz de velas e ao som de uma música romântica. Mas Jenny sabia que corria perigo de vida assim como seu avô (Que também foi assassinado por Angel), por isso, ela guarda em um disquete tudo que deve ser feito durante o feitiço de restauração, (Ela deixa o disquete cair ao lado de sua mesa no momento em que é morta por Angel). Mais tarde, Willow encontra o disquete e resolve fazer o feitiço de restauração, que funciona pouco antes de Buffy ter de destruí-lo.

Impacto[editar | editar código-fonte]

A morte da personagem provoca um grande impacto dramático para as personagens Buffy e Giles, na caçadora, por fazê-la sentir-se culpada, mais uma vez, (Buffy já se sentia culpada pela morte de Kendra Young) já que, se ela não tivesse tido um relacinamento íntimo com Angel nada disso estaria acontecendo,e principalmente em Giles, que a amava, Jenny foi responssável pela mudança brusca do personagem que agora era mais vívido, parecia ter relembrado o que era o amor, sua morte provoca um sentimento de ódio em Giles, que, obsecado em destruir Angel quase morre também nas mãos do vampiro, sendo salvo por Buffy em uma das mais bonitas cenas da série, no 17° Episódio da 2° Temporada.

Aparições Posteriores[editar | editar código-fonte]

Jenny retorna na 3° Temporada como um espírito atormentador, que na verdade não era a cigana, e sim o 1° Mal, usando o corpo de Jenny para atormentar Angel e persuadi-lo a se suicidar, mas sem sucesso, graças a Buffy e os outros.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Notáveis Aparições[editar | editar código-fonte]

  • "Eu Robô, Você Jane" (I Robot, You Jane) - 08° Episódio da 1° Temporada (1° Aparição da personagem)
  • "A Idade das Trevas" (The Dark Age) - 09° Episódio da 2° Temporada (Jenny é uma das personagens centrais do episódio)
  • "A Paixão (Passion) - 17° Episódio da 2° Temporada (Jenny é morta por Angel nesse episódio)
  • "Reparos" (Amends) - 10° Episódio da 3° Temporada (O Primeiro Mal utiliza a forma de Jenny para atormentar Angel por seus crimes)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dobreva, Nikolina (2009). The Case of the Traveling Dancer: Romani Representation from the 19th Century European Literature to Hollywood Film and Beyond, University of Massachusetts (Ph.d. dissertation)
  • Golden, Christopher; Holder, Nancy (1998). Buffy the Vampire Slayer: The Watcher's Guide, Volume 1, Pocket Books. ISBN 0-671-02433-7
  • Holder, Nancy; Mariotte, Jeff; Hart, Maryelizabeth (2000). Buffy the Vampire Slayer: The Watcher's Guide, Volume 2, Pocket Books. ISBN 0-671-04260-2
  • Jowett, Lorna (2005). Sex and the Slayer: A Gender Studies Primer for the Buffy Fan, Wesleyan University Press. ISBN 978-0-8195-6758-1
  • Kaveney, Roz (ed.) (2004). Reading the Vampire Slayer: The New, Updated, Unofficial Guide to Buffy and Angel, Tauris Parke Paperbacks. ISBN 1-86064-984-X
  • South, James (ed.) (2003). Buffy the Vampire Slayer and Philosophy: Fear and Trembling in Sunnydale, Open Court Books. ISBN 0-8126-9531-3
  • Stafford, Nikki (2007). Bite Me! The Unofficial Guide to Buffy the Vampire Slayer, ECW Press. ISBN 978-1-55022-807-6
  • Tracy, Kathleen (1998). The Girl's Got Bite: The Unofficial Guide to Buffy's World, Renaissance Books. ISBN 1-58063-035-9
  • Wilcox, Rhonda (2005). Why Buffy Matters: The Art of Buffy the Vampire Slayer, I. B. Tauris. ISBN 1-84511-029-3
  • Wilcox, Rhonda and Lavery, David (eds.) (2002). Fighting the Forces: What's at Stake in Buffy the Vampire Slayer, Rowman and Littlefield Publishers. ISBN 0-7425-1681-4