Jeon Tae-il

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Jeon Tae-il (coreano:전태일 hanja:全泰壹, 13 de novembro de 1948 - 26 de agosto de 1970) foi um sindicalista e ativista dos direitos humanos da Coreia do Sul.

Em 1970, suicidou-se por imolação[1] , argumentando protestar contra as condições de trabalho e o desrespeito pelos direitos dos trabalhadores.

Referências

Página Principal[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre cultura coreana é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.