Jerónimo Podestá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jerónimo Podestá
Bispo da Igreja Católica
Bispo-emérito de Avellaneda

Título

Bispo-titular de Horrea Aninici
Ordenação e Nomeação
Ordenação Presbiteral 15 de setembro de 1946
Ordenação Episcopal 22 de dezembro de 1962
25 de setembro de 1962 a 2 de dezembro de 1967
Lema Episcopal UNUN SIMUS, UT MUNDUS CREDAT
Dados Pessoais
Nascimento Ramos Mejía
8 de Agosto de 1920
Falecimento Buenos Aires
23 de junho de 2000 (79 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Jerónimo José Podestá (Ramos Mejía, 8 de agosto de 1920 - Buenos Aires, 23 de junho de 2000) foi um bispo católico argentino, que abandonou o sacerdócio na década de 60 para se casar com Cleria Luro, que era separada e com 6 filhos. Seu caso tornou-se um escândalo para a Igreja argentina.

Amigo de Dom Helder Câmara, tornou-se presidente da Federação Latino-americana de Sacerdotes Casados.

Sua viúva afirma que foi defendida pelo então cardeal Jorge Mario Bergoglio de ataques do Vaticano por haver se amasiado com o bispo Podestá.[1] [2] [3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]