Jerry Adriani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jerry Adriani
Informação geral
Nome completo Jair Alves de Souza
Nascimento 29 de janeiro de 1947 (67 anos)
Origem São Paulo
País Brasil Brasil
Gênero(s) Iê-Iê-Iê, Rockabilly, Rock and Roll
Ocupação(ões) cantor
Instrumento(s) Vocal
Outras ocupações apresentador, ator
Afiliação(ões) Jovem Guarda

Jerry Adriani, nome artístico de Jair Alves de Sousa (São Paulo, 29 de janeiro de 1947), é um cantor e ator brasileiro. Iniciou a sua carreira na TV Tupi de São Paulo como vocalista do conjunto 'Os Rebeldes'.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jerry Adriani, cujo nome verdadeiro é Jair Alves de Souza, nasceu em 29 de janeiro de 1947, no Brás, na cidade de São Paulo. Começou a sua vida profissional em 1964, com a gravação do seu primeiro LP, "Italianíssimo", e no mesmo ano gravou seu 2º LP , "Credi a Me".

Em 1965, grava "Um grande Amor", sendo o primeiro LP em português. Tornou-se apresentador do programa Excelsior a Go Go, na antiga TV Excelsior (Canal 9), atual RedeTV!, em São Paulo, ao lado do comunicador Luís Aguiar; apresentava músicas dos Vips, Os Incríveis, Trini Lopez, Cidinha Campos, entre tantos outros.

Entre 1967 e 1968, já na antiga TV Tupi, (Canal 4), atual SBT em São Paulo, passou a apresentar A Grande Parada, ao lado de grandes artistas, como Neyde Aparecida, Zélia Hoffmann, Betty Faria e Marília Pera. Era um musical ao vivo que apresentava grandes nomes da música popular brasileira.

Em 1969 Ganhou o título de Cidadão Carioca.

Foi responsável pela ida de Raul Seixas para o Rio de Janeiro, amigos que eram desde a época em que possuía uma banda em Salvador, chamada Raulzito e os Panteras, por três anos. Entre as músicas que a banda tocou, ambas compostas por Raulzito, podemos citar:

  • Tudo que é bom dura pouco;
  • Tarde Demais
  • Doce doce amor

Entre os anos de 1969 e 1971, Raul Seixas foi seu produtor, até iniciar a carreira solo.

Na década de 1970, fez shows na Venezuela, Peru, Estados Unidos, México, Canadá e outros países.

Em 1975, participou de um musical no Hotel Nacional, denominado Brazilian Follies, dirigido por Caribe Rocha, ficando um ano e meio em cartaz.

No começo da década de 90, gravou um disco que trazia de volta as origens do Rock in Roll, com o tema "Elvis Vive", um tributo a Elvis, sendo este o 24º disco da sua carreira.

Em 1994, a convite de Cecil Thiré, participou da novela 74.5 uma onda no ar, produzida pela TV PLUS e exibida pela Rede Manchete, exibida também em Portugal com grande sucesso.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1967 - Vivendo sem Você (Neste disco, várias músicas se tornaram sucesso como "Quem Não Quer" e "És Meu Amor")
  • 1967 - Dedicado a Você (Nesse segundo disco lançado em 1967, versões de grandes canções italianas e inglesas são o destaque)
  • 1968 - Esperando Você (Novamente um disco recheado de versões, na maioria de músicas inglesas, sob o comando de Rossini Pinto)
  • 1969 - Jerry Adriani (Um disco em que quase todas as músicas foram sucessos, revelando muito romantismo)
  • 1970 - Jerry (Primeiro disco de Jerry produzido por Raul Seixas, traz composições de Hyldon, Getúlio Côrtes, Paulo César Barros e do próprio Raul)
  • 1971 - Jerry Adriani (Segundo disco produzido por Raul Seixas, traz composições de Demétrius e Roberto Corrêa)
  • 1971 - Pensa em Mim (Terceiro e último disco produzido por Raul Seixas, foi um dos mais vendidos e executados da época, tendo a música "Doce Doce Amor" como destaque maior)
  • 1972 - Jerry (Produzido por Mauro Motta, este disco traz, na sua maioria, versões de grandes sucessos da música americana)
  • 1973 - Jerry Adriani (Também produzido por Mauro Motta, traz composições de Renato Barros e de Mauro Motta em parceria com Rossini Pinto)
  • 1975 - Jerry Adriani (Outra produção de Mauro Motta, este disco mescla versões com composições de Mauro Motta, Getúlio Côrtes e Renato Barros)
  • 1977 - Jerry Adriani (Novamente produzido por Mauro Motta, os destaques desse disco são composições do próprio Jerry, Othon Russo e Mauro Motta)
  • 1980 - Jerry Adriani (Produzido por Fernando Adour, este disco mescla versões de músicas americanas com composições de Paulo Sérgio Valle e da dupla Mauricio Duboc-Carlos Colla)
  • 1983 - Pra Lembrar de Nós Dois (Dessa vez pela gravadora Polygram, esse disco fez bastante sucesso, tendo como destaque a música "Indiferença", de José Augusto)
  • 1985 - Tempos Felizes (Novamente lançado pela Polygram, este disco traz, além de canções inéditas, grandes pout-pourris dos maiores sucessos, num total de 34 músicas)
  • 1986 - Outra Vez Coração (Com produção de Paulinho Fructuoso e direção artística de Roberto Menescal, traz composições de Jerry, Mario Marcos e de José Augusto)
  • 1988 - Jerry (Gravado pela RGE, este é um disco com arranjos e regências de vários maestros, numa produção de Hélio Costa Manso)
  • 1989 - Parece que foi Ontem (Também gravado pela RGE, com produção de Jairo Pires, traz composições de Biafra, José Augusto, Carlos Colla e do próprio Jerry)
  • 1992 - Doce Aventura (Gravado pela Eldorado, traz grandes sucessos de Raul Seixas, além de composições de Cláudio Rabelo, Ed Wilson e do próprio Jerry)
  • 1995 - Elvis Vive (Neste disco alegre e dançante, Jerry interpreta os maiores sucessos de Elvis Presley, algumas vezes em inglês)
  • 1996 - Rádio Rock Romance (Um disco onde a principal característica é o rock, tendo na sua maioria vesões de músicas americanas e um pout-pourri de sucessos da Jovem Guarda)
  • 1997 - Io (Nesse disco Jerry volta à música italiana, dessa vez regravando grandes sucessos dos maiores autores dessa língua)
  • 1999 - Forza Sempre (Produzido pela Indie Records e distribuído pela Universal Music, foi o disco de maior sucesso de Jerry na década de 90. Com produção de Carlos Trilha e direção de Liber Gadelha, Jerry interpreta os maiores sucessos da Legião Urbana, em italiano)
  • 2000 - Tudo Me Lembra Você (Gravado pela Indie Record, Jerry canta composições de Byafra, Ed Wilson, Zeca Baleiro e José Augusto, numa produção de Arnaldo Saccomani)
  • 2002 - O Som do Barzinho Italiano (Novamente gravado pela Indie Record, esse disco traz grandes sucessos da música italiana, com produção de Miguel Plopschi)
  • 2008 - Jerry Adriani Acústico e Ao Vivo

Outros lançamentos[editar | editar código-fonte]

  • 1995 - Os 30 maiores sucessos da Jovem Guarda.
  • 1997 - Participou de trilhas sonoras a A Indomada da Rede Globo.
  • 2000/2001 - Participa de trilhas sonoras de novelas e regrava músicas do Elvis, seu fã incondicional.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Como ator e cantor fez três filmes:

  • Essa Gatinha é Minha - Com Pery Ribeiro e Anik Malvil.
  • Jerry, A Grande Parada
  • Jerry em busca do tesouro - Com Neyde Aparecida e os Pequenos Cantores da Guanabara.

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Sharp - Enquanto existia, foi indicado quatro vezes, na categoria cantor popular.
  • 1989 - LP MARCAS DA VIDA - melhor cantor
  • 1990 - LP ELVIS VIVE - melhor disco e melhor cantor
  • 1993 - LP DOCE AVENTURA - melhor cantor
  • 1995 - LP RADIO ROCK ROMANCE - melhor disco e melhor cantor

Link de pesquisa[editar | editar código-fonte]