Jesuíno Lamego da Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Armas do segundo barão da Laguna.

Jesuíno Lamego da Costa, segundo barão da Laguna, (Laguna, 13 de setembro de 1811Rio de Janeiro, 16 de fevereiro de 1886) foi um militar e político brasileiro.

Foi deputado geral e senador do Império do Brasil de 1872 a 1886. Filho de Nicolau José Lamego da Costa e Joaquina Antônio de Jesus.

Fez carreira na Marinha atingindo o posto de almirante. Foi nomeado barão da Laguna por decreto de 17 de maio de 1871.

No quadro "Juramento Constitucional da Princesa Isabel", de Francisco Tirone, é o único "virado de frente para o pintor". A obra pode ser encontrada no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, onde Jesuíno é numerado como o 16º do conjunto.

Titularidades[editar | editar código-fonte]

  • Barão da Laguna - título conferido por decreto imperial em 17 de maio de 1871.
Ícone de esboço Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.