Jesus curando o cego de nascença

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jesus curando o cego.
1570. Por El Greco, atualmente na Gemäldegalerie Alte Meister, em Dresden, na Alemanha.

Jesus curando o cego de nascença é um dos milagres de Jesus, relatado apenas em João 9:1-12.

Narrativa bíblica[editar | editar código-fonte]

De acordo com o Evangelho de João, Jesus viu homem que era cego de nascença. Seus discípulos lhe perguntaram: Mestre, quem pecou para que este homem nascesse cego, ele ou seus pais?"

Jesus respondeu:

«Nem ele pecou nem seus pais, mas isto se deu para que as obras de Deus nele sejam manifestas. É necessário que façamos as obras do que me enviou, enquanto é dia; vem a noite, quando ninguém pode trabalhar. Estando eu no mundo, sou a luz do mundo. Tendo assim falado, cuspiu no chão e, fazendo lodo com o cuspo, aplicou-o aos olhos do cego, dizendo: Vai lavar-te no tanque de Siloé (que quer dizer, "Enviado"). Ele foi, lavou-se e voltou com vista. Então os vizinhos e os que dantes o conheciam de vista, como mendigo, perguntavam: Não é este o que se assentava para mendigar?

É ele mesmo, respondiam uns; não é, mas é parecido com ele, diziam outros. Porém ele dizia: Sou eu mesmo. Perguntaram-lhe, pois: Como te foram abertos os olhos? Respondeu ele: Aquele homem chamado Jesus fez lodo, ungiu-me os olhos e disse-me: Vai a Siloé e lava-te; então fui, lavei-me e fiquei vendo. Eles lhe perguntaram: Onde está ele? Respondeu: Não sei.» (João 9:3-5)

Interpretação[editar | editar código-fonte]

Neste milagre, Jesus se auto-intitula Luz do Mundo[1] , o que remete aos versos em João 9:39, nos quais ele revela seu objetivo: que "...os que não vêem, vejam; e os que vêem, se tornem cegos"[1] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jesus curando o cego de nascença

Referências

  1. a b New Testament christology by Frank J. Matera 1999 ISBN 0664256945 page 235