João Barroso Soares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Barroso Soares
João Barroso Soares
 Portugal
Período Agosto de 1995 a 6 de janeiro de 2002
Antecessor(a) Jorge Sampaio
Sucessor(a) Pedro Santana Lopes
Vida
Nascimento 29 de agosto de 1949 (65 anos)
Lisboa, São Cristóvão e São Lourenço
Dados pessoais
Partido Partido Socialista
Profissão Editor e advogado

João Barroso Soares (Lisboa, São Cristóvão e São Lourenço, 29 de Agosto de 1949) é um advogado, editor literário e político português.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filho de Mário Soares e de Maria Barroso, frequentou o Colégio Moderno e o Lycée Français Charles Lepierre, tendo ingressado na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Envolvido no movimento democrático estudantil, foi membro da Comissão Pro-Associação dos Liceus (1966) e da Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa. Expulso três vezes da universidade[3] vai, em 1972, para a Alemanha Ocidental, onde frequenta a Akademie Remscheid, como bolseiro da Fundação Friedrich Ebert. Obteve a licenciatura na Universidade de Lisboa e iniciou-se na advocacia em 1976. Foi também co-fundador da editora Perspectivas & Realidades, onde chegou a publicar obras de Raul Brandão, Mário Cesariny, João Aguiar, entre outros. Militante do Partido Socialista desde a sua fundação, foi deputado à Assembleia da República, pelo Círculo de Lisboa, entre 1987 e 1990, e, novamente, a partir de 2002, reeleito em 2005 e 2009. Exerceu ainda os cargos de deputado ao Parlamento Europeu, de 1994 a 1995, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, de 1995 a 2002, de presidente da Junta Metropolitana da mesma cidade, de 1998 a 2002, e de vereador da Câmara Municipal de Sintra, entre 2005 e 2009, depois de ter sido derrotado por Fernando Seara. Em 2004 foi candidato à liderança do PS, perdendo para José Sócrates. Acumulou as funções no Parlamento com a presidência da Assembleia Parlamentar da OSCE (entre Julho de 2008 e 2010).

É membro da Maçonaria, desde 1974, segundo disse o próprio[4] .

É primo-irmão materno do Cronista e antigo Deputado e Secretário de Estado Alfredo Barroso, do Cineasta Mário Barroso e do Médico Cirurgião Eduardo Barroso.

Condecorações[5] [2] [editar | editar código-fonte]

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Casou primeira vez com Maria Olímpia Soares (1951), da qual se divorciou e da qual tem duas filhas e um filho:

  • Maria Inês Soares (1976), solteira e sem geração
  • Maria Mafalda Soares (1981), solteira e sem geração
  • Mário Alberto Soares (1987)

Casou segunda vez com Annick Burhenne, natural da Bélgica, da qual tem um filho e uma filha:

  • Jonas Burhenne Soares (22 de Novembro de 2003)
  • Lilah Burhenne Soares (2007)

Referências

  1. Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Estrangeiras Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2015-02-11. "Resultado da busca de "João Barroso Soares"."
  2. a b Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2015-02-11. "Resultado da busca de "João Barroso Soares"."
  3. Sítio oficial de João Soares Joaosoares.net.
  4. Saiba Quem são os Novos Fiscais das ´Secretas`, o Expresso, sexta-feira,8 de março
  5. Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Estrangeiras Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2015-02-11. "Resultado da busca de "João Barroso Soares"."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Jorge Sampaio
Presidente da Câmara Municipal de Lisboa
1995 - 2002
Sucedido por
Pedro Santana Lopes
Precedido por
Goran Lennmarker
Presidente da AP da OSCE
2008 - 2010
Sucedido por
Petros Efthymiou