João Grosso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

João Manuel Vieira Grosso[1] (n. 1959), é um actor e encenador português. Estudou na Escola Superior de Teatro e Cinema.

Trabalhou para o Teatro Aberto[2] e integra o elenco residente do Teatro Nacional D. Maria II, onde foi Director Artístico (2001-2003).

São de salientar os seu desempenhos em: Fausto, Fernando, Fragmentos., de Fernando Pessoa, Barcas e Serviço d' Amores, de Gil Vicente; Berenice, de Racine; Medeia, de Eurípides e Orgia de Pasolini (que também encenou).

Recebeu o Globo de Ouro 2005, para melhor Actor, por Orgia.

Referências

  1. Certidão de lista de associadas da Audiogest (pdf) IGAC/Ministério da Cultura (2007-07-25). Visitado em 26 de Dezembro de 2014. Cópia arquivada em 24 de Dezembro de 2013.
  2. João Grosso (em português) Infopédia. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.