João e Maria (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"João e Maria"
Canção de Nara Leão
do álbum Meus amigos são um barato
Lançamento 1977
Gênero(s) MPB/Valsinha
Duração 2:36
Gravadora(s) Philips / Phonogram
Letrista(s) Chico Buarque
Composição Sivuca
Produção Roberto Santana
Faixas de Meus amigos são um barato
Último
Último
"Nonó"
(6)
"Amazonas"
(8)
Próximo
Próximo

"João e Maria" é uma canção com letra de Chico Buarque em cima de música já criada anteriormente por Sivuca.

Letra e música[editar | editar código-fonte]

A melodia da canção foi composta por Sivuca. Segundo Chico, Sivuca enviou a ele uma fita com uma música que ele compôs na década de 1940, época na qual Buarque havia nascido. Decorridos quase trinta anos, em 1976, Chico Buarque ouviu a valsinha e compôs uma letra para ela - segundo ele, baseado em um diálogo de crianças. "Quando eu fui fazer, a letra me remeteu obrigatoriamente pra um tema infantil."[1] Ainda de acordo com Chico, a letra saiu "com cara de música infantil porque, simplesmente, na fitinha ele dizia: 'Fiz essa música em 1947.' Aí pensei: 'Mas eu criança…' e me levou pra aquilo."[1]

Quando fez a letra de "João e Maria", o próprio Chico não entendeu o que ele tinha querido dizer com o verso "e o meu cavalo só falava inglês". Ele levou o enigma a Francis Hime, que arriscou: "Eu acho que é um cavalo muito educado."[2]

"João e Maria" foi gravada pela cantora Nara Leão, lançada no álbum Os Meus Amigos São Um Barato, de 1977, que contou com a participação de Chico e Sivuca - o primeiro no dueto, o segundo tocando sanfona.[nota 1]

A canção acabou popularizada pela telenovela "Dancin' Days", da Rede Globo. No auge do sucesso de "João e Maria", que muita gente pensava ser apenas de Chico, Sivuca aproveitou uma série de shows que realizava no Rio para corrigir o equívoco: "a letra era do Chico, mas a música era dele há muito tempo".[3]

Notas

  1. No encarte do LP, Nara escreveu: "Pedi uma música ao Chico. Ele me mandou uma de parceria com Sivuca sobre um tema infantil - João e Maria. Dias antes o Cacá Cacá Diegues, que foi marido de Nara e pai de seus filhos Isabel e Francisco] tinha me chamado a atenção para a conversa de Francisco e Isabel com alguns amigos onde eles diziam: "eu era a princesa, eu era o cavalo…" Cacá observou que os tempos do verbo estavam no passado. Um faz de conta, mas ainda no passado. Quando vi a música de Chico, achei engraçado. Ele tinha percebido o universo infantil tão perfeitamente. Não falava pela criança, mas era a criança que falava. O Chico é fogo. Forma e conteúdo perfeitos. A gravação se passou muito tranquila. O Sivuca é uma graça. Fazia questão que a gente chamasse seu instrumento de sanfona e não de de acordeom. Deu um show de musicalidade e gentileza."

Referências

  1. a b Notas sobre João e Maria - Entrevista para Geraldo Leite, Rádio Eldorado, 1989
  2. Notas sobre João e Maria - WERNECK, Humberto. Gol de letras. In: BUARQUE, Chico. Letra e música. Vol. 1. São Paulo:Companhia das Letras, 1989.
  3. Notas sobre João e Maria - SEVERIANO, Jairo & MELLO, Zuza Homem de. A canção no Tempo. 85 anos de música brasileira Vol. 1: 1901-1957. São Paulo: Editora 34, 1997

Ligações externas[editar | editar código-fonte]