Jo Nesbø

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jo Nesbø
Nascimento 29 de Março de 1960 (54 anos)
Oslo, Noruega
Nacionalidade Noruega norueguês
Ocupação músico, escritor
Página oficial http://www.jonesbo.com/

Jo Nesbø (AFI[ˈju ˈnɛsbø]; Oslo, 29 de março 1960) é músico e escritor norueguês crescido em Molde. Tendo estudado economia e análise financeira, Nesbø trabalhou como corretor de açőes e jornalista. Além disso, foi vocalista e compositor da banda pop Di Derre.

Adolescência[editar | editar código-fonte]

Filho de bibliotecária, Nesbø demonstrou interesse em literature desde cedo. Apesar disso, seu fraco desempenho escolar fez com que ele decidisse se tornar jogador profissional de futebol pelo time Tottenham Hotspur FC. Aos 17 anos, ele largou a escola e começou a jogar pelo Molde FC. Problemas de joelho forçaram-no a abandonar a carreira de futebol.

Nesbø cumpriu o serviço militar no norte da Noruega, onde usou todo o tempo livre para recuperar as matérias que havia perdido ao largar escola. Nessa época, ele também tocou em uma banda de garagem chamada I De Tusen Hjem. Após ter escutado um jovem baixista tocar jazz, ele decidiu começar a banda Di Derre. A banda realizou a primeira turnê um ano depois e conseguiu o primeiro contrato de gravação dois anos depois enquanto ainda trabalhava como corretor de açőes. Nesbø fartou-se do trabalho de corretor de açőes depois de um ano. Pediu então licença não-remunerada por seis meses e viajou para a Austrália. Pouco tempo antes de viajar, uma editora perguntou a Nesbø se ele estava interessado em escrever um livro. Tendo começado a escrever um romance Flaggermusmannen durante o voo para a Austrália, Nesbø retornou a Oslo ao fim da licença com o manuscrito na mala.

Carreira literária[editar | editar código-fonte]

A inspiração em escrever Flaggermusmannen o fez viajar pela Austrália. Nesbø enviou o manuscrito para a editora Aschehoug sob o pseudônimo de Kim Erik Lokker evitando assim que sua relativa fama interferisse no processo de avaliação da obra. Tendo a editora aceitado publicar a obra, a primeira edição chegou às livrarias no outono de 1997. O livro foi um sucesso e ganhou prêmios como Rivertonprisen (melhor romance policial da Noruega) e Glassnøkkelen (melhor romance policial da Escandinávia). Sua obra intitulada Rødstrupe ganhou o prêmio Bokhandlerprisen em 2000. A tradução anglo-saxônica Garganta Vermelha recebeu indicação ao prêmio britânico The International Dagger da Crime Writers' Association de melhor romance policial traduzido para inglês em 2006.

O sétimo romance policial de Nesbø, Snømannen, vendeu 160 000 exemplares ao longo da primeira semana após lançamento - o romance policial norueguês mais vendido até então[1] . Ele também escreveu uma série de livros infantis sob o título Doktor Proktors prompepulver. Até 12 de setembro de 2008, Nesbø alcançou a marca de meio milhão de livros vendidos na Noruega e seus livros traduzidos para quase quarenta línguas. Em 2009, Nesbø foi agraciado pelo prêmio de reconhecimento pelo público da revista Dagbladet ao ter três de seus livros estado no topo da lista de livros mais vendidos na Noruega.[2]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Jo Nesbø manifestou que não deseja ter a série Harry Hole adaptada para o cinema antes que a mesma esteja encerrada, mas ele comunicou à imprensa que a gravação de Snømannen está sendo realizada.

Além disso, em 2010, Nesbø aprovou a adaptação para o cinema de seu romance policial Hodejegerne, com Aksel Hennie no papel principal. Os direitos autorais do livro, juntamente com a renda, será doado à Fundação Harry Hole, que ajuda crianças a aprender a ler e escrever em países em desenvolvimento. O filme estreia em agosto de 2011 na Noruega.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbum a solo[editar | editar código-fonte]

  • Karusellmusikk – (2001)

Álbuns com Di Derre[editar | editar código-fonte]

  • Den Derre med Di Derre – (1993)
  • Jenter & sånn – (1994)
  • Gym – (1996)
  • Slå meg på! – (1998)
  • Di beste med Di Derre – (2006)

Obras[editar | editar código-fonte]

Série Harry Hole[editar | editar código-fonte]

Romances policiais protagonizados por Harry Hole:[3]

Ano Título original Título no Brasil Título em Portugal
1997 Flaggermusmannen
1998 Kakerlakkene
2000 Rødstrupe Garganta Vermelha O Pássaro de Peito Vermelho
2000 Sorgenfri A Casa da Dor Vingança a Sangue-Frio
2003 Marekors A Estrela do Diabo A Estrela do Diabo
2005 Frelseren O Redentor O Redentor
2007 Snømannen Boneco de Neve O Boneco de Neve
2009 Panserhjerte
2011 Gjenferd
2013 Politi

Série Doktor Proktor[editar | editar código-fonte]

Livros infantis:

Ano Título original Título no Brasil Título em Portugal
2007 Doktor Proktors prompepulver Doutor Proktor: O Pó de Soltar Pum
2008 Doktor Proktors Prompepulver: tidsbadekaret Doutor Proktor: A Banheira do Tempo
2010 Doktor Proktor og verdens undergang. Kanskje
2012 Doktor Proktor og det store Gullrøveriet

Outras[editar | editar código-fonte]

Ano Título original Título no Brasil Título em Portugal Notas
1999 Stemmer fra Balkan / Atten dager i mai Documentário (junto com Espen Søbye)
2001 Karusellmusikk Novela
2007 Det hvite hotellet Romance
2008 Hodejegerne Headhunters Caçadores de Cabeças Romance policial

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Rivertonprisen 1997, por Flaggermusmannen
  • Glassnøkkelen 1998, por Flaggermusmannen
  • Bokhandlerprisen 2000, por Rødstrupe
  • Mads Wiel Nygaards legat 2002
  • O melhor romance policial da Noruega de todos os tempos, oferecido pela rádio Nitimen em 2004, por Rødstrupe
  • Bokhandlerprisen 2007, por Snømannen
  • Den norske leserprisen 2007, por Snømannen
  • Den norske leserprisen 2008, por Hodejegerne
  • Palle Rosenkrantz-prisen 2009, por Panserhjerte

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]