Joana de Hesse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joana Marina
Princesa de Hesse e do Reno
Princessjohana.jpg
Joana em 1939
Governo
Casa Real Hesse-Darmstadt
Vida
Nascimento 20 de Setembro de 1936
Hesse-Darmstadt, Alemanha Alemanha
Morte 14 de junho de 1939 (2 anos)
Hesse-Darmstadt, Alemanha Alemanha
Pai Jorge Dunatos de Hesse (1906-1937)
Mãe Cecília da Grécia e Dinamarca (1911-1937)

Joana de Hesse e do Reno (Joana Marina Leonor), (20 de setembro de 1936 - 14 de junho de 1939) foi a terceira criança e única filha do grão-duque Jorge Donatus, e da sua esposa, a princesa Cecília da Grécia e Dinamarca (irmã do príncipe Filipe, Duque de Edimburgo). Perdeu os pais e irmãos num acidente de avião quando tinha 14 meses e foi adoptada pelo seu tio Luís de Hesse e pela sua esposa, Margaret Geddes.

O casal planeava criar a sua sobrinha como se fosse a sua própria filha, mas ela sofreu um grave ataque de meningite e morreu 20 meses depois dos pais, aos dois anos e meio. A sua avó materna, a princesa Alice de Battenberg, disse mais tarde que Joana se parecia tanto com a sua falecida mãe Cecília que foi como se ela tivesse morrido pela segunda vez.

Após a sua morte, Joana foi enterrada junto da sua família em Rosenhohe. O seu tio Luís e a sua tia Margaret nunca conseguiram ter um filho biológico.

Maldição de família[editar | editar código-fonte]

Algumas pessoas consideram que a Família Real de Hesse sofre de uma maldição devido ao grande número de mortes prematuras que nela ocorreram. Joana era um sobrinha-neta da czarina Alexandra Feodorovna e da grã-duquesa Isabel Feodorovna, ambas assassinadas com outros membros da família Romanov durante a Revolução Russa de 1917.

A sua bisavó Alice e a sua tia-avó Maria morreram de Difteria durante uma onda que afectou o grão-ducado de Hesse-Darmstadt em 1878.

Uma tia, a princesa Isabel de Hesse, morreu de febre tifóide quando tinha 8 anos, apesar de, na altura, ter corrido o rumor de que ela tinha comido do prato envenenado do seu tio Nicolau II da Rússia.

Um dos tios-avós de Joana, Luís Mountbatten, foi morto em 1979 pelo Exército Republicano Irlandês juntamente com o seu neto Nicolau Knatchbull de 14 anos e a sogra da sua filha Doreen Knatchbull, Baronesa de Brabourne.

As mortes prematuras continuaram na geração seguinte, quando Leonora Knatchbull, uma bisneta de Luís Mountbatten, morreu aos 5 anos de idade com um tumor no rim em 1991.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.