Joana de Portugal, Rainha de Castela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Joana de Portugal
Rainha de Castela
Governo
Reinado 20 de Maio de 145512 de Dezembro de 1474
Consorte Henrique IV
Casa Real Avis
Vida
Nascimento 20 de Março de 1439
Quinta do Monte Olivete, Almada, Portugal
Morte 13 de Junho de 1475 (36 anos)
Madrid, Espanha
Filhos com Henrique IV
Joana
com Pedro de Castela e Fonseca
André
Pedro Apóstolo
Pai Duarte de Portugal
Mãe Leonor de Aragão

Joana de Avis (20 de Março de 143913 de Junho de 1475), infanta de Portugal e rainha de Castela, de 1455 até sua morte.[1] [2]

Joana era filha póstuma de Duarte I, rei de Portugal (1391-1438) e da sua esposa, a infanta Leonor de Aragão. Era neta materna de Fernando I de Aragão (filho de João I de Castela e de Leonor, infanta de Aragão) e da sua esposa Leonor Urraca de Castela, senhora de Alburquerque (neta do rei Pedro I de Portugal e de Inês de Castro) e paterna de João I de Portugal (filho de Pedro I de Portugal e de Teresa Lourenço) e de Dª Filipa de Lencastre (filha de Branca de Lencastre e de João de Gante, duque de Lencastre e neta de Eduardo III de Inglaterra). Descendia por parte da avó materna e do avô paterno dos primeiros reis de Portugal, dos reis de Castela e de Aragão por parte do avô Fernando e por parte da avó Filipa dos primeiros reis Ingleses.

Joana teve irmãos importantes, como é o caso de Leonor, infanta de Portugal, que se casou com Frederico III da Alemanha e de Afonso V de Portugal.

Quando nasceu Joana, já o seu pai tinha falecido de peste e subido ao trono o seu irmão mais velho, Afonso V, com apenas 6 anos. Joana foi criada pela mãe, a rainha-regente Leonor, até aos seis anos, altura em que ficou órfã, pelo seu tio, Pedro, duque de Coimbra e regente até 1449.

Afonso V casou a sua irmã Joana com o primo Henrique IV de Castela (nessa altura já reinava como soberano de Castela), filho de Maria, infanta de Aragão (irmã mais velha da mãe de Joana) e de João II de Castela, em 1455, tendo ela apenas 16 anos e ele já 31.

Joana teve algumas relações extra-matrimoniais, da qual nasceram alguns filhos ilegítimos, nomeadamente de Pedro de Castilla y Fonseca:

Realeza Portuguesa
Casa de Avis
Descendência
Ordem Avis.svg

Do matrimónio com Henrique IV de Castela nasceu Joana, a Beltraneja (1462-1530), que foi nomeada herdeira de seu pai, em 1468 e veio a casar-se por ordem da mãe com Afonso V de Portugal, seu tio, em 1475.

Joana, infanta de Portugal veio a ser repudiada pelo marido, devido às relações extra-matrimoniais em 1474 e voltou para Portugal, onde veio a falecer precocemente em 1475, com apenas 36 anos de idade, deixando a sua filha Joana, a Beltraneja, com apenas 13 anos, órfã.

Referências

  1. James Fitzmaurice-Kelly, Chapters on Spanish Literature (A. Constable and Company, ltd., 1908), 74.
  2. James Fitzmaurice-Kelly, A History of Spanish Literature (D. Appleton and Company, 1898), 97.
Precedida por:
Isabel de Aviz
Armas
Rainha Consorte de Castela e Leão

20 de Maio de 145512 de Dezembro de 1474
Sucedida por:
Fernando V