Joanne Dru

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joanne Dru
Joanne Dru no trailer de Vengeance Valley, 1951
Nome completo Joanne Letitia LaCock
Nascimento 31 de janeiro de 1923
Logan, Virgínia Ocidental
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Morte 10 de setembro de 1996 (73 anos)
Los Angeles, Califórnia
Ocupação Atriz
Cônjuge Dick Haymes (1941 - 1949)
John Ireland (1949) - 1957)
George Rodgers Pierose (1963) - (1972)
C. V. Wood (1972) - (1992)
Atividade 1946 - 1980
IMDb: (inglês)

Joanne Dru (Logan, Virgínia Ocidental, 31 de janeiro de 1923 - Los Angeles, Califórnia, 10 de setembro de 1996) foi uma atriz norte-americana.

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Filha de um farmacêutico, Joanne mudou-se de sua terra natal para Nova Iorque em 1940. Trabalhou como modelo, até ser descoberta por Al Jolson, que a escalou em seu musical Hold Onto Your Hats, na Broadway. A seguir, Joanne seguiu para Hollywood com seu primeiro marido, o cantor Dick Haymes. Estreou nas telas em 1946, na comédia malvista pela crítica Abie's Irish Rose e desapareceu de circulação por mais de um ano. Voltou ao lado de John Wayne nos westerns Red River (1948), de Howard Hawks e She Wore a Yellow Ribbon (1949), de John Ford, ambos sucessos de bilheteria que se tornariam clássicos do gênero. Voltou a trabalhar com Ford em Wagonmaster (1950), também um western, que serviria de base para a série de TV Wagon Train (1957 - 1965).

Joanne acabou rotulada como "atriz de faroestes" e atuou em outros sete até o fim da carreira, entre eles Vengeance Valley (1951), estrelado por Burt Lancaster e The Light in the Forest (1958), uma produção dos estúdios Disney. Com isso, seus filmes fora do gênero ficaram de certa forma ofuscados. Entre eles, destacam-se o drama político triplamente premiado pelo Oscar All the King's Men (1949), de Robert Rossen, onde ela encontrou John Ireland, seu segundo marido, e Thunder Bay (1953), de Anthony Mann, estrelado por James Stewart, aventura sobre petróleo.

A partir de meados da década de 1950, os papéis no cinema começaram a rarear e Joanne encontrou refúgio na televisão, onde estrelou a sitcom Guestward, Ho! e foi atriz convidada em diversas outras séries. Despediu-se das câmeras no filme Poliziotto Superpiù (1980), produção italiana estrelada por Terence Hill.

Durante quinze anos, Joanne lutou contra um câncer de mama, que afinal venceu. Teve três filhos, todos com Dick Haymes: Richard, Helen e Barbara. Além de seus casamentos com Haymes e John Ireland, que terminaram em divórcio, uniu-se também a George Rodgers Pierose (1963), falecido em 1972. No mesmo ano, casou-se novamente, agora com C. V. Wood, que também faleceu, em 1992. A própria Joanne deixou este mundo em 1996, aos setenta e três anos de idade, vitimada por um linfedema.

Apesar de um terço de sua filmografia ser constituída por westerns, ela nunca gostou do gênero: "aqueles vestidões longos, com corpetes apertados, são coisas terríveis de usar", declarou à jornalista Hedda Hopper em entrevista de 1957.[1]

Filmografia[1] [editar | editar código-fonte]

Ano Nome original Nome PT/BR Nome PT/PT Notas
1946 Abie's Irish Rose
1948 Red River Rio Vermelho O Rio Vermelho
1949 She Wore a Yellow Ribbon Legião Invencível Os Dominadores
All the King's Men A Grande Ilusão A Corrupção do Poder
1950 Wagon Master Caravana de Bravos A Caravana Perdida
711 Ocean Drive Sindicato do Crime
1951 Belvedere Rings the Bell O Gênio do Asilo
Vengeance Valley O Vale da Vingança Ousadia BR: ou Ousadia
1952 The Pride of St. Louis O Homem do Dia
Return of the Texan Fugindo do Passado Fugindo ao Passado
My Pal Gus Companheiro Querido
1953 Thunder Bay Borrasca A Baía das Tormentas
Forbidden Lábios Que Mentem
Hannah Lee, an American Primitive
1954 Siege at Red River Corações Divididos
Southwest Passage Areias do Inferno
Duffy of San Quentin Ódio Entre as Grades
Three Ring Circus O Rei do Circo O Rei do Circo
Day of Triumph
1955 The Dark Avenger O Príncipe Negro O Príncipe Negro USA: ou The Warriors
Hell on Frisco Bay Horas Sombrias Inferno em São Francisco
Sincerely Yours O Semeador de Felicidade
1957 Drango Drango
1958 The Light in the Forest Não Renego o Meu Sangue
1959 The Wild and the Innocent Antro de Desalmados
1960 September Storm O Tesouro Submarino
1965 Sylvia Sylvia
1980 Poliziotto superpiù Supersnooper, Um Tira Genial O Super Polícia

Referências

  1. a b UNONIUS, Kristian Erik e SILVA, Divino Rodrigues da, Homenagem - Joanne Dru, in MATINÊ 18, Ribeirão Preto, SP: Divino Rodrigues da Silva, 1997, periodicidade variável

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Joanne Dru