Joaquín de la Pezuela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joaquín de la Pezuela
Marquês de Viluma
Vice-rei do Peru Flag of Cross of Burgundy.svg
Período de governo 7 de julho de 1816
até 29 de janeiro de 1821
Monarca Fernando VII
Antecessor(a) José Fernando de Abascal
Sucessor(a) José de la Serna
Vida
Nascimento 1716
Naval, Huesca
Morte 1830
Madrid
Dados pessoais
Religião Católico
Profissão Militar
Assinatura Assinatura de Joaquín de la Pezuela
Serviço militar
Lealdade Vice-reino do Peru
Graduação Tenente-general
Batalhas/guerras Batalha de Vilcapugio
Batalha de Ayohúma

Joaquín de La Pezuela Griñán y Sánchez Muñoz de Velasco (Naval, 1761Madrid, 1830) foi um nobre, militar e político espanhol. Marquês de Viluma e 36º Vice-rei do Peru (7 de julho de 1816 a 29 de janeiro de 1821).

De família nobre oriunda de Cantábria, combateu em Gibraltar e, anos mais tarde, contra a França em Guipúzcoa e Navarra (1793-1794), transferindo-se, em 1805, para a América como chefe do Exército do Alto Peru. Combateu os independentistas e patriotas da América do Sul. Em 1814, tenta tomar, sem êxito, o norte da atual Argentina, ocupada por Güemes. Em 1815, vence a Batalha de Sipe-Sipe, por isso recebe o título de Marquês de Viluma, em 1816. Neste mesmo ano é nomeado Vice-rei do Peru, ocupando o cargo até que é derrubado pelo pronunciamento dos chefes reais de Aznapuquio. O cargo é substituído pelo Marechal José de La Serna e Hinojosa, em 1821.

Volta à Espanha em 1825, onde é nomeado capitão-general de Castilla La Nueva. Falece em Madrid em 1830.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Joaquín de la Pezuela
Precedido por
José Fernando de Abascal y Sousa
Vice-rei do Peru
18161821
Sucedido por
José de La Serna e Hinojosa
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.