Joaquim Augusto Bravo Caldeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Joaquim Augusto Bravo Caldeira,(São Paulo, 21 de março de 1930 ) é um político brasileiro, de Tapiratiba.

Vida e Política[editar | editar código-fonte]

É agricultor e empresário do ramo da canavieiro, sendo diretor da Usina Itaiquara. Foi prefeito do município de Tapiratiba, na década de 70, do século XX.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

  • Ascendência: Joaquim é filho do médico e ex-deputado estadual por São Paulo João Bravo Caldeira e de Iria de Lima Figueiredo, sendo neto paterno de Manuel Antônio Caldeira e de Elisa Bravo dos Santos e neto materno de João Batista de Lima Figueiredo (“Joãozinho Gomes”) e de Esméria Ribeiro do Vale (filha do Conde Ribeiro do Vale). Por Joãozinho Gomes, é bisneto e Iria Josefa da Silva e de Francisco Garcia de Figueiredo; este, filho de José Gomes de Lima e de Maria Constância de Figueiredo, neto materno do Capitão Diogo Garcia da Cruz e de Inocência Constância de Figueiredo. Inocência Constância era filha do Capitão-Mor José Álvares de Figueiredo – o fundador de Boa Esperança e de Maria Vilela do Espírito Santo, esta neta da Ilhoa Júlia Maria da Caridade
  • Descendência: Joaquim casou-se com Sílvia Almeida Prado de Assunção (1932-2007), com quem teve cinco filhos: João Manuel, Luís Vicente, Maria Carolina, Maria Augusta e Maria Elisa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.