Joe Henderson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joe Henderson

Joe Henderson (Lima 24 de Abril de 1937 - São Francisco, 30 de Junho de 2001) foi um saxofonista tenor de jazz, norte-americano. O seu estilo musical tem influências que vão desde o hard bop à bossa nova, soul jazz ou jazz de fusão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Joe Henderson estudou música na escola Kentucky State College e na universidade de Wayne, em Detroit. Entre 1960 e 1962, presta serviço militar. O seu nome começa a ser conhecido, depois de sair do exército, tocando com o trompetista Kenny Dorham em 1962 e 1963. Este consegue um contrato para Henderson com a gravadora de jazz Blue Note.

Entre 1964 e 1970, Henderson toca no quinteto de Horace Silver, e com a banda de Herbie Hancock, na segunda metade dos anos 60. Na década de 1970, Henderson vive em São Francisco, e grava por diversas vezes para a Milestone. Toca temporáriamente com os Blood, Sweat & Tears em 1971. Na década seguinte, dedica-se ao ensino de música e, como músico independente, volta a gravar para a Blue Note. O seu reconhecimento surge quando é contratado pela Verve.

Em 1992, Henderson recebe o título de melhor músico de jazz pela Down Beat, e melhor saxofonista tenor. Um dos seus álbuns mais vendidos é Lush Life: The Music of Billy Strayhorn, que vendeu mais de 450.000 unidades por todo o mundo (cerca de 100.000 nos EUA). O seu álbum So Near So Far: Musings for Miles recebeu o Grammy para a melhor interpretação de jazz.

O seu último trabalho, Porgy and Bess, foi gravado em 1997

Joe Henderson morre em 30 de Junho de 2001, devido a parada cardíaca, após algum tempo a sofrer de enfisema.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Page One (Blue Note 1963)
  • Our Thing (Blue Note 1963)
  • In 'n Out (Blue Note 1964)
  • Inner Urge (Blue Note 1964)
  • Mode for Joe (Blue Note 1966)
  • The Kicker (Milestone 1967)
  • Tetragon (Milestone 1967)
  • Four (Verve 1968)
  • Straight, No Chaser (Verve 1968)
  • Power to the People (Milestone 1969)
  • Joe Henderson in Japan (Milestone 1971)
  • The Elements (Milestone 1973)
  • Canyon Lady (Milestone 1973)
  • Multiple (Milestone 1973)
  • Relaxin' at Camarillo, (Contemporary 1979)
  • The State of the Tenor Live at the Village Vanguard (Blue Note 1985)
  • SKYDANCE : Joe Henderson w/ Jon Ballantyne Trio (Justin Time 1989)
  • Lush Life: The Music of Billy Strayhorn (Verve 1991)
  • So Near, So Far (Musings for Miles), (Verve 1992)
  • Double Rainbow: The Music of Antonio Carlos Jobim, (Verve 1994)
  • Big Band (Verve 1994)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.