Joe Pass

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joe Pass
Joe Pass (jazz).jpg
Informação geral
Nome completo Joseph Anthony Passalaqua
Nascimento 13 de Janeiro de 1929 New Brunswick (Nova Jérsei), EUA
Data de morte 23 de maio de 1994 (65 anos) Los Angeles, California
Gênero(s) Jazz, bebop
Instrumento(s) Guitarra
Período em atividade 19431994
Outras ocupações Músico, compositor
Gravadora(s) Concord, Pablo, Pacific Jazz

Joe Pass, (Joseph Anthony Passalaqua), (New Brunswick, 13 de janeiro de 1929Los Angeles, 23 de maio de 1994) foi um guitarrista de jazz norte-americano.

Joe pass2.jpg

Joe foi um dos maiores nomes da guitarra de jazz

Joe começou a tocar guitarra aos 9 anos de idade e já aos 14 tocava em conjuntos profissionais quando ainda estava no colégio, entre outros com a banda de Tony Pastor. Tocou com Charlie Barnet em 1947 e depois foi prestar o serviço militar.

Após ser dispensado, passou os anos 50 às voltas com um vício em drogas, tendo inclusive passado algum tempo na prisão por causa disso.

Em 1962, livre das drogas, graças a um trabalho reabilitação na Synanon Foundation, retornou para o mundo da música ( ou melhor, ingressou, uma vez que até então era quase um desconhecido).

Tocou com Gerald Wilson, Les McCann, George Shearing, Benny Goodman, Ella Fitzgerald, Count Basie, Duke Ellington e Dizzy Gillespie.

Estilo e Virtuosismo[editar | editar código-fonte]

Joe Pass fazia quase o impossível. Ele era capaz de tocar as versões uptempo de músicas bebop como "Cherokee" e "How High the Moon" na guitarra, desacompanhado. [1]

Pass usava técnica convencional (mas magnífica), e sua série “Virtuoso” pelo selo "Pablo" ainda soa notável, décadas depois. [1]

Ele tocava muitos padrões, e os tocava muito rápido. Ele é chamado de "o maior do mundo", e muitas vezes comparado a Paganini por seu virtuosismo. Ele foi, em qualquer caso, um músico formidável. Há uma certa pureza em seu som que o faz destacar-se facilmente de outros guitarristas de jazz de primeira qualidade.[2]

Seu som é caloroso e muito limpo. Ele gostava de alicerçar sua maneira de tocar com "melodias, mudanças de acordes, ritmo e uma boa sensação de tempo." E ele explorava essa música calmamente, às vezes serenamente, mas sempre muito bem. Ou seja, Pass tomava uma estrutura musical organizada e, em seguida, tocava suas notas em todos os cantos dela. [2]

Django Reinhardt foi para ele uma importante influência. [2]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns Solo[editar | editar código-fonte]

  • The Stones Jazz
  • Virtuoso
  • Virtuoso II
  • Virtuoso III
  • Virtuoso IV
  • Virtuoso Live!
  • At Montreux Jazz Festival
  • Montreux '77 - Live
  • I Remember Charlie Parker
  • University of Akron Concert
  • Blues for Fred
  • What Is There to Say
  • Songs for Ellen
  • Unforgettable
  • Blues Dues

Com Paulinho Da Costa[editar | editar código-fonte]

  • Tudo Bem

Com Oscar Peterson[editar | editar código-fonte]

Com Niels-Henning Ørsted Pedersen[editar | editar código-fonte]

  • Chops
  • Northsea Nights
  • Digital III at Montreux (1979)

Com Ella Fitzgerald[editar | editar código-fonte]

  • Take Love Easy (1973)
  • Sophisticated Lady
  • Fitzgerald and Pass… Again|Fitzgerald and Pass…Again (1976)
  • Speak Love (1983)
  • Easy Living (1986)

Com Moacir Santos[editar | editar código-fonte]

  • The Maestro (1974)

Com outros guitarristas[editar | editar código-fonte]

  • For Django (with John Pisano)
  • Joe's Blues (with Herb Ellis)
  • Jazz Concord (with Herb Ellis)
  • Seven Come Eleven (with Herb Ellis)
  • Two for the Road (with Herb Ellis)
  • Ira, George And Joe (with John Pisano)
  • Summer Nights (with John Pisano)
  • Appassionato (with John Pisano)
  • Duets (with John Pisano)
  • Live at Yoshi's (with John Pisano)
  • My Song (with John Pisano)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b http://www.playjazzguitar.com/joe-pass.html Acesso em 12/11/2013
  2. a b c New York Media, LLC. New York Magazine. [S.l.]: New York Media, LLC, 17 September 1979. p. 62. ISSN 00287369. Visitado em 12 November 2013.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre guitarristas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.