Jogos Sul-Americanos de 2002

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
VII Jogos Sul-Americanos
Brasil 2002
Dados
Países participantes 14
País anfitrião  Brasil
Atletas 2 069
Eventos 24 esportes
Cerimônia de abertura 1 de agosto
Cerimônia de encerramento 11 de agosto
◄◄ Cuenca 1998 Equador {{{evento}}} Argentina Buenos Aires 2006 ►►

Os Jogos Sul-Americanos de 2002 (em espanhol: Juegos Sudamericanos, em inglês: South American Games), decorridos entre 1 e 11 de agosto, foram realizados em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belém, no Brasil. É a primeira competição multiesportiva desde os Jogos Pan-Americanos de São Paulo e a Universíade de Porto Alegre, ambos em 1963.

Esta edição reuniu quatorze nações, em um total de 2 069 atletas, que competiram em 24 esportes.

Aproveitando-se do fato de competir em casa, o Brasil terminou na liderança do quadro de medalhas pela primeira vez na história com 148 medalhas de ouro.

Os Jogos Sul-Americanos serviriam para testar a capacidade do país em realizar grandes eventos multiesportivos, especialmente os Jogos Pan-Americanos de 2007, no qual a cidade do Rio de Janeiro, na época, era candidata.[1]

Processo de escolha[editar | editar código-fonte]

A decisão de que o Brasil seria sede pela primeira vez dos Jogos Sul-Americanos foi tomada no dia 18 de abril de 2002, na reunião da Organização Desportiva Sul-Americana (ODESUR), em Assunção, no Paraguai. A candidatura do Brasil venceu o Chile por 11 votos a 3. Outros candidatos eram o Peru que havia retirado sua candidatura no dia anterior a eleição e o Suriname.[2] Inicialmente os Jogos deveriam ser disputados no perí­odo de 3 a 12 de maio em Córdoba, na Argentina. Por causa da crise econômica do país, a prefeitura da cidade acabou desistindo. Posteriormente, foi decidido que seriam realizados em Bogotá, mas devido à ameaça de alguns países não assistirem por falta de segurança, Colômbia foi descartada e outra sede foi votada. Como forma de protesto, o governo colombiano desistiu de participar dessa edição dos jogos.[2]

Tocha do Fogo Sul-Americano[editar | editar código-fonte]

A Tocha do Fogo Sul-Americano chegou ao Brasil em 23 de junho de 2002, sendo recebida em uma cerimônia no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. A pira que veio de Tihuanaco, na Bolívia, foi carregada pelo atleta paraolímpico Antônio Tenório da Silva, do judô. De São Paulo, o Fogo Sul-Americano viajou para todas as outras sedes no mesmo dia. Ele foi levado pela ex-nadadora Patrícia Amorim para o Rio de Janeiro, e acendeu a pira no Aterro do Flamengo.

A ginasta Camila Comin foi responsável por levar o Fogo até o Jardim Botânico, em Curitiba. Em Belém, a recepção contou com a apresentação de danças da região. O campeão brasileiro de luta greco-romana, Iuri Estevão, carregou o Fogo até o Estádio Olímpico do Pará.

Países participantes[editar | editar código-fonte]

Ao todo, nesta edição, quatorze países participaram:

Esportes[editar | editar código-fonte]

Foram disputados 24 esportes nesta edição dos Jogos:

Sedes[editar | editar código-fonte]

Trecho da Rodovia Curitiba-Paranaguá (BR-277) onde ocorreram as provas de ciclismo de estrada.
O Sambódromo do Anhembi, na cidade de São Paulo, sediou provas de skate.
O Ginásio Algodão no Complexo Esportivo Miécimo da Silva, na cidade do Rio de Janeiro, sediou os jogos de futsal.

Para escolher os locais em que os Jogos Sul-Americanos seriam realizados, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, considerou a estrutura já existente para a realização das provas. Após refletir e estudar as melhores opções,foi proposta a descentralização dos jogos e se optou pela escolha de que quatro cidades dividissem os jogos, em vez de centralizar tudo em uma única cidade. Essa decisão foi fruto do pequeno tempo que o COB teria para organizar as competições.

Belém[editar | editar código-fonte]

Paraná[editar | editar código-fonte]

Rio de Janeiro[editar | editar código-fonte]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Brasil 148 95 90 333
2  Venezuela 97 70 64 231
3  Argentina 76 89 80 245
4  Chile 24 41 46 111
5  Equador 23 32 37 92
6  Peru 6 28 30 64
7  Antilhas Holandesas 3 2 7 12
8  Uruguai 2 8 21 31
9  Panamá 1 5 6 12
10  Paraguai   1 8 9
11  Guiana   1 7 8
12  Aruba   1 2 3
13  Bolívia     9 9
TOTAL 380 373 407 1 160

Referências

  1. http://www.boliche.com.br/sul2002_apres.htm
  2. a b Estadão. Brasil vai sediar Jogos Sul-americanos (em português). Visitado em 12 de dezembro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]