Johan de Witt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estatua de Johan e seu irmão Cornelis de Witt em Dordrecht

Johan de Witt (Dordrecht, 24 de setembro de 1625Haia, 20 de agosto de 1672) foi um matemático e político holandes.

Filho do Jacob de Witt e de Anna van den Corput, irmão de Cornelis de Witt e sobrinho de Cornelio de Graeff e Andries Bicker.

Membro de uma importante família, teve uma educação privilegiada para a época e graduou-se em Direito e Matemática, na Universidade de Leiden. Estabeleceu-se em Haia, e em 1653, possou a ocupar o posto de raadpensionaris, tornando-se efetivamente o líder do governo holandês. Witt passou a ser um dos homens mais importantes da Holanda neste período.

Sob a orientação de De Witt e De Graeff, a república das sete províncias unidas dos países baixos passou a cuidar, em 1660, da educação de Guilherme III, Príncipe de Orange, com a finalidade de assegurar-lhe as habilidades necessárias em uma futura função governamental.

Os interesses de matemático e estadistas encontraram em em 1671, quando publicou Waardije van Lyf-renten naer Proportie van Los-renten, em que apresenta um estudo sobre o pagamento de rendas vitalícias, vendidas pelo Estado.

Em 1672, após os Países Baixos serem ocupados pela tropas francesas de Luís XIV na Terceira Guerra Anglo-Holandesa, Johan e seu irmão foram assassinados brutalmente por uma multidão enfurecida.

Obras
  • Value of Life Annuities (1671)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.