Johann Rosenzopf

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Johann Rosenzopf (nascido a 22 de Abril de 1939 em Klagenfurt) é um antigo gestor industrial austríaco, que entretanto se retirou. Desenvolveu a ideia dos Jogos Olímpicos da Juventude oficiais, que foram introduzidos em 2007 pelo Comité Olímpico Internacional (COI).

Rosenzopf desenvolveu a ideia, primeiramente, em 1998, quando entrou em contacto com o Comitê Olímpico Australiano (ÖOC) e com o COI, apresentando a ideia dos Jogos Olímpicos da Juventude. Nos anos seguintes promoveu a sua ideia, mas de início o COI não estava a favor da criaão de mais eventos multidesportivos internacionais. Disseram a Rosenzopf que receavam a sobrecarga do calendário desportivo para os jovens[1] e receavam que os custos fossem demasiado altos.[2] .

Contudo, em Julho de 2007, o COI declarou a introdução dos Jogos Olímpicos para os mais jovens.

Finalmente, em Novembro de 2010, o COI atribuiu a iniciação da ideia dos Jogos Olímpicos da Juventude a Rosenzopf: Jacques Rogge, Presidente do COI, declarou num comunicado oficial que Rosenzopf "fez uma contribuição maior e forneceu bastante ímpeto à visão global de criar os Jogos Olímpicos da Juventude".[3] .

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Olympische Jugendspiele - Johann gegen Jacques Der Spiegel Der Spiegel (16 de Novembro de 2011). Página visitada em 20 de Agosto de 2012.
  2. Mühlethaler, Jan (30 de Dezembro de 2010). Verspätetes Präsent des IOK nzz.ch. Página visitada em 20 de Agosto de 2012.
  3. Seele, Rainer (27 de Dezembro de 2010). Olympischer Frieden Frankfurter Allgemeine Zeitung. Página visitada em 20 de Agosto de 2012.