Johannes Praetorius (matemático)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johannes Praetorius (matemático)
(1537-1616)
Nacionalidade  Alemanha
Data de nascimento 1537
Local de nascimento Sankt Joachimsthal,  Alemanha
Data de falecimento 27 de outubro de 1616
Local de falecimento Altdorf bei Nürnberg,  Alemanha
Ocupação Matemático e astrônomo alemão.
Alma mater Universidade de Altdorf

Johann Richter (1537–1616) (Hans Schulze) (* Sankt Joachimsthal, 1537Altdorf bei Nürnberg, 27 de Outubro de 1616) foi físico, fabricante de instrumentos, astrônomo e matemático da Boêmia. Foi considerado por Tycho Brahe um dos matemáticos líderes de sua época[1] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era filho de Paul Richer († 10 Jan 1559). Estudou, em 1557, Filosofia e Matemática na Universidade de Wittenberg e de 1562 a 1569 viveu em Nuremberg. Seus instrumentos astronômicos e matemáticos estão conservados no Museu Nacional da Alemanha, em Nuremberg. Em 1571, tornou-se Professor de Matemática e Astronomia em Wittenberg onde conheceu Valentinus Otho (1548-1603) e Joachim Rheticus (1514-1574)[2] , de quem muito elogiou as tabelas trigonométricas. Em 4 de Março de 1572 recebe o diploma de Mestrado em Ciências Filosóficas. Depois de viajar para Praga, Viena e Cracóvia, aceita uma cadeira de matemática na Universidade de Wittenberg. Deu aulas sobre a teoria astronômica de Copérnico inicialmente como maneira de eliminar o Equante criado por Ptolomeu, partindo mais tarde para um sistema proto-ticônico. Em 1575, por razões políticas, pediu demissão de sua cadeira em Wittenberg, mas foi escolhido para a cadeira de matemática na Universidade de Altdorf, em detrimento de seu irmão Paul Pretorius. Casou em 1579 com Helena Siegel (?-1636), filha do diácono Georg Siegel (?-1573).

Praetorius teve como patronos Andreas Dudithius (1533-1589), Bispo de Pécs e o imperador Maximiliano II (1527-1576). A ele se atribui a invenção de uma tabela, também conhecida como mensula ou Tabula Praetoriana[3] , instrumento usado para traçar diretamente sobre uma folha de desenho a representação de uma área de terra simultaneamente à sua detecção topográfica.[4] .

Petrus Saxonius (1591-1625)[5] , que foi seu aluno, o sucedeu na cadeira de matemática da Universidade de Altdorf.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • De cometis, qui antea visi sunt, et de eo qui novissime mense Novembri apparuit, narratio 1578
  • Problema, quod iubet ex quatuor rectis lineis datis quadrilaterum fieri, quod sit in circulo 1598

Veja também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]