John Blow

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Blow

John Blow (batizado a 23 de fevereiro de 1649 e falecido a 1 de outubro de 1708) foi um compositor inglês e organista da Idade do Barroco. Orgulhoso e com perfil de estadista, o humilde Blow tornou-se o mais famoso músico da Inglaterra no final do século XVIII. Importante na música da Restauração, teve postos reais criados especialmente para ele, como na catedral de St. Paul e em Westminster. Suas obras seculares incluem música cerimonial e Venus and Adonis, a primeira ópera inglesa. Escreveu muita música religiosa em especial mais de cem hinos intensamente melódicos. De seus doze trabalhos anglicanos, o em sol maior é magistral.


História[editar | editar código-fonte]

Blow provavelmente nasceu em Collingham ou Newark-on-Trent, em Nottinghamshire. Sua data de nascimento é desconhecida, mas ele foi batizado no dia 23 de Fevereiro de 1649 e é provável que ele tenha nascido um pouco antes desta data, mas não muito antes. Ele se tornou um membro do coro na Chapel Royal, onde se distinguiu pela sua proficiência em música.

Ele compôs vários hinos ainda quando muito jovem, inclusive Lord, Thou host been our refuge, Lord, rebuke me not e o I will always give thanks, o último em colaboração com Pelham Humfrey e William Turner, que serviram para comemorar a vitória sobre os holandeses em 1665, ou, simplesmente, para comemorar a parceria amigável dos três compositores.

Em setembro de 1673, Blow casou com Elizabeth Braddock. Eles tiveram vários filhos e ela morreu durante um parto dez anos depois.

Em 1678 John Blow já possuía um doutoramento em Música e, em 1685, era um dos músicos particulares de James II. Entre 1680 e 1687, ele escreveu sua única composição para o teatro que sobreviveu, uma mascarada para o entretenimento do rei; a ópera, Venus and Adonis.

Blow morreu a 1 de outubro de 1708, na sua casa, em Broad Sanctuary, na Abadia de Westminster.

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.