John Cardy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Cardy
Física teórica
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 19 de março de 1947 (67 anos)
Local Inglaterra
Atividade
Campo(s) Física teórica
Instituições Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, Universidade de Oxford
Alma mater Universidade de Cambridge
Tese 1971
Prêmio(s) Medalha Dirac (2000), Prêmio Lars Onsager (2004), Medalha Boltzmann (2010), Medalha Dirac (ICTP) (2011)

John Lawrence Cardy (Inglaterra, 19 de março de 1947)[1] é um físico teórico britânico.

Trabalha especialmente com fenômenos críticos bidimensionais e com a teoria da percolação em mecânica estatísitica com aplicação de teorias de campos conforme.

Cardy estudou na Universidade de Cambridge, onde obteve o bacharelato em 1968 e um doutorado em 1971. A partir de 1977 trabalhou na Universidade da Califórnia em Santa Bárbara. Em 1993 tornou-se professor da Universidade de Oxford, no Centro Rudolf Peierls de Física Teórica. Também trabalhou na Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN).

Uma suposição que ele publicou em 1988 (teorema a)[2] , que generaliza o teorema c de Alexander Zamolodchikov para quatro dimensões e que é relacionado à irreversibilidade do grupo de renormalização de teorias quânticas de campo, foi provada em 2011 por Zohar Komargodski e Adam Schwimmer.

Cardy é desde 1991 fellow da Royal Society. Em 2000 recebeu a Medalha Dirac do Instituto de Física, em 2011 recebeu a Medalha Dirac do Centro Internacional de Física Teórica, juntamente com Édouard Brézin e Alexander Zamolodchikov, e em 2004 recebeu o Prêmio Lars Onsager. Em 2010 recebeu a Medalha Boltzmann. Em 1985 recebeu uma bolsa Guggenheim.

Obras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jahresreport Guggenheim Foundation, 1985
  2. Cardy Is there a c Theorem in four dimensions ?, Phys. Letters B 215, 1988, S. 749-752

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.