John Laurinaitis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Laurinaitis
Nome(s)
no ringue
John Laurinaitis
Johnny Ace
Tremendão
Altura 1,93 m
Peso 113 kg
Nascimento 31 de Julho de 1965  (48 anos)[1]
Filadélfia, Pensilvânia[1]
Anunciado de San Bernardino, Califórnia[1]
"The City of Sunshine" (como parte do The Dynamic Dudes)
Treinado por Nelson Royal[1]
Estreia 1986[1]
Aposentadoria 9 de junho de 2000

John Joseph Laurinaitis (Filadélfia, 31 de julho de 1965)[1] é um lutador de wrestling profissional aposentado e executivo estadunidense. Atualmente, Laurinaitis é ex-vice-presidente executivo de Relações de Talentos da WWE, também é ex-"General Manager" interino da WWE Raw e WWE SmackDown, pois Vince McMahon o demitiu após The Big Show perder para John Cena no No Way Out. Sob o nome de Johnny Ace, Laurinaitis lutou em promoções como National Wrestling Alliance (NWA) e All Japan Pro Wrestling (AJPW). Ele é creditado como sendo o inventor do movimento "Cutter", chamado por si mesmo como "Ace Crusher".[1] Ele é o irmão mais novo de Joe Laurinaitis (Road Warrior Animal; dos Road Warriors), e tio de James Laurinaitis, jogador do St. Louis Rams.[2] Antes de ser contratado pela WWE, Laurinaitis foi um executivo da World Championship Wrestling (WCW).

Carreira[editar | editar código-fonte]

National Wrestling Alliance (1986–1990)[editar | editar código-fonte]

John Laurinaitis começou a lutar em 1986 como Johnny Ace.[1] No começo, enquanto lutava na Florida Championship Wrestling Ace frequentemente lutava em dupla com seu irmão Marcus Laurinaitis (vulgo The Terminator). Mais tarde, na Jim Crockett Promotions da NWA ele formou uma dupla com Shane Douglas chamada "The Dynamic Dudes".[3] Eles tinham como manager Jim Cornette até este lhes trocar por Bobby Eaton e Stan Lane.

All Japan Pro Wrestling (1990–2000)[editar | editar código-fonte]

Com a All Japan Pro Wrestling abandonando a NWA em 1990, Laurinaitis decidiu ficar na promoção japonesa, se aliando a Dan Spivey, Kenta Kobashi, "Dr. Death" Steve Williams e Mike Polchlopek (vulgo Mike Barton).

World Championship Wrestling (2000–2001)[editar | editar código-fonte]

Laurinaitis se aposentou em 2000, após a separação da All Japan Pro Wrestling e da Pro Wrestling Noah. Ele foi contratado pela World Championship Wrestling para substituir Vince Russo como roteirista-chefe.

World Wrestling Federation / World Wrestling Entertainment (2001–presente)[editar | editar código-fonte]

Bastidores (2001–presente)[editar | editar código-fonte]

Ele se tornou um olheiro para a WWF em 2001. Em 2004, Laurinaitis foi promovido para Vice-Presidente de Relações de Talentos. Em 2007, se tornou Vice-Presidente Sênior de Relações de Talentos. Em 2009, ele foi novamente promovido para Vice-Presidente Executivo de Relações de Talentos.[4]

História com CM Punk, John Cena e Triple H (2011)[editar | editar código-fonte]

No Raw de 27 de junho de 2011, Laurinaitis foi mencionado por CM Punk em um discurso, sendo insultado e chamado de bajulador de Vince McMahon.[5] Laurinaitis apareceria no Money in the Bank, seguindo ordens de McMahon para parar injustamente a luta entre Punk e John Cena. Laurinaitis acabou sendo nocauteado por Cena. No Raw da noite seguinte, Laurinaitis e McMahon anunciaram um torneio para coroar um Campeão da WWE.

No Raw de 15 de agosto, Laurinaitis convidaria Kevin Nash para uma reunião. Em 5 de setembro, Laurinaitis demitiria Triple H de seu cargo de COO.

Gerente Geral do Raw e SmackDown (2011-2012)[editar | editar código-fonte]

No Raw de 10 de outubro, Laurinaitis foi nomeado Gerente Geral Interino do Raw por McMahon. Na mesma noite, ele demitira Jim Ross e recontrataria R-Truth e The Miz.

Nos meses seguintes, Laurinaitis e CM Punk começariam uma rivalidade, com Punk afirmando que Laurinaitis era chato e previsível. No Raw de 26 de dezembro, Laurinaitis forçou Punk a enfrentar três lutadores: se ele vencesse os três, enfrentaria Laurinaitis. Se perdesse, teria que defender o WWE Championship. Punk derrotou Jack Swagger, mas acabou derrotado por Dolph Ziggler após interferência de Laurinaitis.[6] Na semana seguinte, Ziggler voltou a derrotar Punk, por contagem, após interferência de Laurinaitis, que marcou para o Royal Rumble uma luta pelo título, com ele mesmo como árbitro.[7] [8] No Raw de 23 de janeiro, Laurinaitis deveria ter sua primeira luta em dez anos contra Punk, mas a cancelou por ter que ser avaliado por Triple H na semana seguinte, sendo substituído por seu assistente, David Otunga. Punk, no entanto, atacou Laurinaitis.[9] No Royal Rumble, Laurinaitis deu a vitória a Punk.[10] No Raw do dia seguinte, Laurinaitis teve sua performance como Gerente Geral avaliada por Triple H. No entanto, antes que ele pudesse ser demitido, The Undertaker interrompeu o segmento.[11] Em 7 de fevereiro, foi anunciado no website da WWE que o conselho administrativo decidira que Laurinaitis continuaria como Gerente Geral do Raw.[12] Ele, no entanto, resolveu que deveria se tornar Gerente Geral permanente, além de Gerente Geral do SmackDown, passando a criticar o trabalho de Theodore Long. No Elimination Chamber, Mark Henry, Alberto Del Rio e Christian se juntaram a Laurinaitis contra Long. No WrestleMania XXVIII, o time de Laurinaitis derrotou o time de Long.

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

  • AJPW All Asia Tag Team Championship (2 vezes) &ndash: com Kenta Kobashi
  • AJPW Unified World Tag Team Championship (4 vezes) &ndash: com Kenta Kobashi (2), Mike Barton (1), e Steve Williams (1)
  • Vencedor da Korakuen Hall Heavyweight Battle Royal em 2 de Janeiro (1991)[17]
  • FCW Tag Team Championship (2 vezes) &ndash: com The Terminator
  • International Championship Wrestling Alliance
  • ICWA Florida Heavyweight Championship (1 vez)
  • Oregon Wrestling Federation
  • OWF Heavyweight Championship (1 vez)
  • Outros títulos
  • PWF Florida Tag Team Championship (2 vezes) – com The Terminator
  • PWI o colocou na #77ª posição dos 500 melhores lutadores individuais em 1997[18]
  • PWI o colocou na #203ª posição dos 500 melhores lutadores individuais no "PWI Years" em 2003[19]
  • Wrestling Observer Newsletter
    • Luta 5-Estrelas (1995) com Steve Williams vs. Mitsuharu Misawa e Kenta Kobashi em 4 de março
    • Luta 5-Estrelas (1996) com Steve Williams vs. Mitsuharu Misawa e Jun Akiyama em 7 de junho
    • Luta do Ano (1996) com Steve Williams vs. Mitsuharu Misawa e Jun Akiyama em 7 de junho

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j OWOW Profile. Página visitada em 2008-06-02.
  2. Star from Wayzata feels a draft. StarTribune.com. Página visitada em 2009-04-22.
  3. Foley, Mick. Have A Nice Day: A Tale of Blood and Sweatsocks (p.187)
  4. John Laurinaitis' corporate Bio. WWE. Página visitada em 2010-04-01.
  5. CM Punk Rant Transcript
  6. WWE Raw SuperShow results: Kane rises to hate. Página visitada em 3 de janeiro de 2012.
  7. WWE Raw SuperShow results: Kane's hateful torment continues. Página visitada em 3 de janeiro de 2012.
  8. WWE Champion CM Punk vs. Dolph Ziggler (Special Guest Referee John Laurinaitis). Página visitada em 3 de janeiro de 2012.
  9. Powers, Kevin. WWE Raw SuperShow results: Laurinaitis takes a nap. WWE. Página visitada em 24 de janeiro de 2011.
  10. Powers, Kevin. WWE Champion CM Punk def. Dolph Ziggler (Special Guest Referee John Laurinaitis). WWE.
  11. Passero, Mitch. WWE Raw SuperShow results: The Undertaker returned with his sights set on Triple H!. WWE. Página visitada em 31 de janeiro de 2012.
  12. WWE Board of Directors to Laurinaitis: You're NOT fired. WWE. Página visitada em 7 de fevereiro de 2012.
  13. Dynamic Dudes profile. Online World of Wrestling. Página visitada em 2009-11-20.
  14. DDP's profile. Online World of Wrestling. Página visitada em 2009-07-31.
  15. http://www.cagematch.de/?id=2&nr=915&page=15
  16. http://itunes.apple.com/us/album/wwe-fanfare-to-rule-john-laurinaitis/id524743980
  17. Wrestling Information Archive
  18. http://cagematch.net/?id=2&nr=915&view=awards#awards
  19. Pro-Wrestling Illustrated 500 of the PWI Years. Pro-Wrestling Edge. Página visitada em 2008-06-02.