John Marco Allegro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
John Marco Allegro.jpg

John Marco Allegro (17 de fevereiro de 1923 - 17 de fevereiro 1988) foi um arqueólogo e estudioso dos manuscritos do Mar Morto controverso. Ele estudou línguas semíticas na Universidade de Manchester e dialetos hebraicos na Universidade de Oxford.

Allegro publicou uma tradução do manuscrito de Cobre dois anos antes da versão oficial publicada por Józef Milik. Ele é mais conhecido pelo seu livro The Sacred Mushroom and the Cross (O Cogumelo Sagrado e a Cruz), no qual defende que "Jesus" nos Evangelhos era na verdade um código para um tipo de droga alucinógena, o cogumelo Amanita muscaria, e o cristianismo o produto de um antigo culto de fertilidade baseado em cogumelos.

Embora reconhecido como iconoclasta, seus estudos sobre os manuscritos do Mar Morto ainda são respeitados pelos seus pares.